Para ler com os filhos: nomes em movimento

Conheça duas obras em que os nomes são a senha para a história

Leia em 3 minutos

Nos livros, quase sempre, um nome é mais que um nome: pode ser uma pista, uma dica, uma rima, uma provocação. Quem não se lembra do clássico Marcelo Marmelo Martelo, da Ruth Rocha, o menino que queria entender o motivo de cada nome? E a Uxa, da saudosa Sylvia Orthof, aquela que era ora fada, ora bruxa? A literatura infantil adora brincar com os nomes dos personagens. Na coluna deste mês, trago dois livros recentes nos quais os nomes são a senha para a história.

Em Lia lia, a autora Cintia Barreto aproveita os dois sentidos da palavra – o nome próprio e o pretérito imperfeito do verbo ler – para contar do grande barato que é a leitura: a descoberta, o jogo, o encanto de uma criança decifrando o mundo por meio das palavras. Em prosa poética, cheia de rimas e com ritmo saboroso, o livro nos mostra o fascínio da menina Lia ao ler – para ela mesma e também para os outros – os vários tipos de livros que existem por aí, dos tradicionais aos digitais, passando pelas edições em pop-up. As ilustrações de Camilo Martins apostam na cores, rabiscos e manchas, para ressaltar a liberdade e a alegria de Lia lendo.

Já no livro Ca-ta-ri-na, de Thais Laham Morello, o modo como o nome aparece no título (com hífens separando as sílabas) parece uma pista sobre os sentimentos da personagem. Na escola, a garota se sentia diferente (quebrada, ou talvez separada dos colegas, como o seu nome é grafado?) e acaba se recolhendo ao silêncio. Mas, dentro de sua mente, quanta falação: palavras, ideias, pensamentos! Ainda bem que Catarina conhece o simpático João, para quem ela não precisa de mudar nadinha. Passando com leveza por temas como diversidade, aceitação, amizade e empatia, o livro tem ilustrações em madeira, criadas por Rita Taraborelli.

Ficha Técnica:
LIA LIA Texto de Cíntia Barreto. Ilustração de Camilo Martins. Semente Editorial, 2020.
CA-TA-RI-NA Texto de Thais Laham Morello e ilustração de Rita Taraborelli. Editora Carochinha, 2017.

Sobre as autoras:
Cíntia Barreto, carioca, é professora e escritora, com obras para adultos e crianças.
Camilo Martins, carioca, é ilustrador e professor.
Thais Laham Morello, paulista, é escritora e psicóloga.
Rita Taraborelli, paulista, é ilustradora, escritora e chef de cozinha.


Leia também: Para ler com seus filhos: Uma vovó e um vovô cheios de amor e brincadeira


Informação e inspiração no seu e-mail

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui