Publicidade
HomeColunasMagda Gomes Dias

Magda Gomes Dias

Sobrecarga mental: precisamos querer menos, de cada vez

"Costumo dizer que “Podemos ter tudo, só não podemos ter tudo ao mesmo tempo. E isso vale para a parentalidade”, diz a educadora parental portuguesa Magda Gomes Dias

Parentalidade não é sobre os filhos, mas sobre os pais

"Sabemos que a parentalidade não é sobre os filhos, mas sobre os pais. Por isso se chama pa-ren-ta-li-da-de”, diz a educadora parental Magda Gomes Dias.

Músicos italianos do ‘Maneskin’ nos fazem lembrar o quanto a adolescência é importante

Luar, em dinamarquês, diz-se Maneskin, o mesmo nome da banda italiana que ganhou o Festival da Eurovisão da Canção em maio deste ano. A...

A fatura pesada da pandemia, com juros

Ansiedade, desânimo, tristeza, apatia são sintomas que não podem ser ignorados. Precisamos de estar atentos a nós, mas também aos outros que apresentam estes sintomas.

Pais e mães exaustos: 3 atitudes para enfrentar o turbilhão

Para ajudar famílias que estão esgotadas, a colunista Magda Gomes Dias destaca três práticas que precisam estar presentes no nosso dia a dia

A parentalidade, como o próprio nome diz, não é acerca da criança, mas dos pais

A educadora parental Magda Gomes Dias lembra que ser mãe ou pai é uma profissão de desgaste contínuo

O que você faz quando discorda da professora de seus filhos?

A educadora parental Magda Gomes Dias comenta o que disse a uma mãe que lhe perguntou sobre isso, usando experiência que ela mesma teve na escola de seus filhos

Fazer menos e melhor – mais simples, prático, e bonito

As férias do Natal estão quase aí e desejo-as. Desejo dias vagarosos, ao som de uma lareira. Desejo andar devagar, desligar e desacelerar.

A preguiça, um vilão necessário

A colunista Magda Gomes Dias sempre viu a preguiça como algo que significava ausência de paixão e tesão pela vida, até que um acontecimento a fez mudar de ideia

Abraço, toque, sorriso, mãos dadas… Que vontade de voltar à vida ‘normal’

A 60 dias do final do ano e há quase um ano neste vida interrompida, resta-nos o desejo quase infantil de que o Réveillon nos traga uma nova vida que é, afinal de contas, a mesma de antes.

Populares

Assine nossa newsletter

Receba nossos melhores conteúdos semanalmente no seu e-mail. É grátis!

siga-nos

24,456FansCurtir
12,806FollowersSeguir
445FollowersSeguir
38SubscribersInscreva-se

Recentes