Livros para conhecer figuras negras marcantes da nossa história

O escritor Leo Cunha destaca duas obras sobre mulheres negras que deixaram importante legado para a cultura brasileira e atuavam na luta pelos direitos femininos

386
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

Livros de literatura infantil podem ajudar crianças e adultos a conhecer momentos históricos e a se conectar com personagens marcantes da cultura de uma cidade, um estado ou um país. Na coluna deste mês, destaco duas publicações recentes, ambas escritas por autores negros, que homenageiam figuras importantes da nossa história.

Em PROCURA-SE CAROLINA, Otávio Júnior homenageia a escritora Carolina Maria de Jesus. Inspirando-se, de certa forma, em sua própria trajetória de leitor (afinal, Otávio descobriu a literatura ao encontrar um livro, por acaso, numa caixa abandonada), o autor cria a menina Carolina, personagem que encontra, na biblioteca da escola, uma caixa com livros da célebre autora brasileira de mesmo nome. Acaso ou destino? A gente encontra um livro ou o livro é que nos encontra? Seja como for, estamos falando da força da literatura como inspiração para viver e escrever. As ilustrações de Isabela Santos realçam todo o colorido das comunidades e também de um belo acervo literário.

Já BEATA, A MENINA DAS ÁGUAS, homenageada por Elaine Marcelina, foi um importante nome da cultura afro-brasileira. O livro conta, desde o nascimento, a vida de Beatriz Moreira Costa, ativista na defesa dos direitos humanos e contra o racismo e o machismo. Segundo o livro, a menina nasceu destinada a “falar em nome de todos nós”, pois isso já estava nos sonhos de sua mãe. E Beatriz, ou Beata, realmente se torna uma líder na luta pelos valores ancestrais, pela tolerância religiosa e pelo meio ambiente. O prefácio é escrito por Adailton, filho biológico de Mãe Beata.

Ficha Técnica:
PROCURA-SE CAROLINA. Texto de Otávio Júnior, ilustrações de Isabela Santos.
Editora Yellowfante, 2022.
BEATA, A MENINA DAS ÁGUAS. Texto de Elaine Marcelina, ilustrações de Ani
Ganzala. Editora Malê, 2021.

Sobre os autores:
OTÁVIO JÚNIOR, carioca, é um premiado escritor e promotor de leitura.
ISABELA SANTOS, mineira, é ilustradora e artista plástica.
ELAINE MARCELINA, carioca, é escritora e historiadora.
ANI GANZALA, baiana, é ilustradora, grafiteira e historiadora.

*Este texto é de responsabilidade do colunista e não reflete, necessariamente, a opinião da Canguru News.

LEIA TAMBÉM:

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui