3 dicas simples para cuidar da alimentação das crianças nas férias

Especialistas em nutrição prepararam um guia com orientações fáceis para o dia a dia para ajudar os pequenos a comerem bem durante o recesso escolar. Confira!

399
Pai e filho comendo frutas na cozinha
É preciso se atentar ao tipo de comida que será oferecida aos pequenos
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

Manter uma alimentação equilibrada pode ser desafiador durante as férias escolares. Afinal, muitas vezes, os pais não têm recesso no mesmo período que os filhos e pode ser difícil conciliar seus compromissos para garantir que eles se divirtam e, ainda, consigam comer de forma saudável sem a rotina de sempre. Para quem vai viajar também não é diferente. Com tantos passeios e atividades para fazer, os alimentos ricos em nutrientes podem acabar ficando de lado, substituídos por comidas industrializadas, que são mais fáceis e rápidas de consumir.

Mas, apesar de tudo, a preocupação com a alimentação continua. Para ajudar os pais, Renata Bressan, Clarissa Fujiwara, Mônica Beyruti e Ana Maria Lottenberg, do Departamento de Nutrição da ABESO, junto de Ariana Fernandes, do Departamento de Obesidade Infantil, prepararam o e-book “Crianças de férias, um guia para manter a alimentação equilibrada e incentivar a atividade física“. 

O material é gratuito e pode ser acessado virtualmente, mas para quem preferir, também está disponível na versão em audiobook para ouvir. Há várias dicas simples para utilizar no dia a dia para que a criançada possa curtir as férias com saúde. Separamos algumas que podem ajudar a garantir uma boa alimentação durante as férias, mas sem muitas neuras. Confira!

LEIA TAMBÉM:

1. Garanta pelo menos as refeições principais

Sem ter uma rotina fixa como no período letivo, é normal que os horários das refeições sejam mais flexíveis. Afinal, as crianças ficam mais tempo em casa, há muitos passeios e visitas de parentes, amigos e colegas. Mas, segundo as especialistas, também pode ser uma oportunidade para os pais estarem mais presentes e participarem das refeições, o que sempre torna tudo mais interessante para a criança. E isso não significa que a alimentação precisa ser complicada e trabalhosa, o mais importante é se organizar que tudo ficará mais fácil e leve.

A principal orientação do guia é que os pais não devem deixar as crianças pularem refeições. O ideal é manter a rotina com café da manhã, almoço e jantar sempre. “Essa é uma medida para evitar picos de fome no decorrer do dia e também fica mais descomplicado se organizar e fazer melhores escolhas”, escreveram as especialistas.

2. Planeje os lanches

Um lanchinho sempre cai bem. Mas também é preciso se atentar ao tipo de comida que será oferecida aos pequenos. “Não é só porque é período de férias que doces, guloseimas, salgadinhos de pacote, refrigerantes e alimentos do tipo fast-food estão liberados todos os dias”, alertaram. Por isso, seja dentro ou fora de casa, é sempre importante planejar os lanches. Há várias opções práticas e interessantes. Veja algumas:

  • Frutas frescas ou desidratadas
  • Iogurtes com baixo teor de gorduras
  • Biscoitos integrais
  • Bolos simples
  • Sanduíches preparados com pães integrais e recheados com pastas ou queijo branco
  • Milho cozido ou torta caseira com legumes

3. Cuidado com a hidratação

Devido ao calor do verão, as crianças precisam ingerir mais água para a hidratação do organismo, pois a perda de líquidos é maior nessa época do ano. Segundo as especialistas, é fundamental estimular o consumo de água. Então, tenha sempre uma garrafinha em mãos para oferecer aos pequenos ao longo do dia, principalmente durante a prática de atividades físicas.

Acesse o e-book completo

LEIA TAMBÉM:

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui