Bichos do Brasil e da Terra

0

A fauna brasileira é um mundo! Você pode girar quanto quiser, nesse planeta redondo, e não vai encontrar tantas cores, formas, texturas e sons quanto os que vivem em nossa natureza. Nunca é demais mostrá-los, exibi-los com orgulho e (por que não?) alertar para os perigos que correm. 

livros bichos

É o que fazem, por exemplo, os dois livros infantis que destaco na coluna deste mês. Um deles novinho em folha, outro já amado, há mais tempo, pelos leitores.

A novidade é Bichos Vermelhos, lançado em 2019. Lina Rosa criou 20 textos curtos – mesclando poesia e informação, delicadeza e bom humor – para falar de 20 espécies que estão na Lista Vermelha, ou seja, ameaçadas de extinção, por diversos motivos: poluição, aquecimento global, destruição do habitat natural, caça desenfreada… ou simplesmente porque alguém quer transformar o bicho em “anelzinho, colarzinho, pulseirinha”! O tom de bate-papo, chamando o leitor pra perto, torna o livro irresistível para crianças, e um convite para a reflexão. O prefácio é da ambientalista Marina Silva.

livros bichos

Passarinhos do Brasil: poemas que voam, um pouco mais antigo, é um deslumbre para os olhos, os ouvidos e o coração. A dupla Lalau e Laurabeatriz, mais afiada e afinada que nunca, nos leva para junto das aves do Pampa, do Pantanal, da Mata Atlântica, do Cerrado, da Caatinga e da Amazônia. Não resisto a trazer pelo menos dois pássaros para vocês: 

Bico-de-pimenta
Na cara preta, 
     um bico vermelho,
ardido de malagueta

Caboclinho-lindo
Caboclinho gorjeia.
Enfeitiça
    até sereia.

Ficha Técnica:
BICHOS VERMELHOS. Texto de Lina Rosa. Ilustrações de Erick Vasconcelos. Editora Aletria, 2019. Lina Rosa, pernambucana, é produtora e publicitária. Erick Vasconcelos,  pernambucano, é designer e ilustrador.

Ficha técnica:
PASSARINHOS DO BRASIL: POEMAS QUE VOAM. Texto de Lalau, imagens de Laurabeatriz. Editora Peirópolis, 2013. Lalau, paulista, é publicitário e um dos maiores poetas da nossa literatura infantil. Laurabeatriz, carioca, artista plástica e ilustradora, já criou dezenas de livros, a maioria com o parceiro Lalau.

Quer receber mais conteúdos como esse? Clique aqui para assinar a nossa newsletter.

Leo Cunha
O escritor Leo Cunha publicou mais de 50 livros, como "Um dia, um rio" (Ed. Pulo do Gato), "Só de brincadeira" (Ed. Positivo) e "Onde a palavra abre os olhos" (Ed. Abacatte). Recebeu os principais prêmios da literatura infantil brasileira, como Jabuti, Nestlé, FNLIJ, Biblioteca Nacional e João-de-Barro. É também tradutor e professor universitário.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui