Xixi na cama: dicas para ajudar a criança

A pediatra Marcela Noronha indica o que os pais podem fazer para lidar com a enurese noturna do filho. Confira!

191
Xixi na cama: dicas para ajudar a criança; criança deitada na cama segurando um ursinho
É importante motivar e elogiar a criança nas noites secas
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

A maioria das crianças deixa de usar a fralda noturna entre três e quatro anos de idade, mas é normal que algumas meninas a utilizem até os cinco e alguns meninos até os seis. Acima dessa idade as crianças passam a ser tecnicamente denominadas como enuréticas. Estima-se que cerca de 15% dos meninos ainda fazem xixi na cama aos cinco anos e 5% até os sete, e a cada ano ocorre uma melhora espontânea de 15%. Aos 15 anos de idade apenas 1% de todos que fazem xixi na cama ainda permanecerão com o problema.

Se você, papai ou mamãe, fez xixi na cama até mais tarde existe uma probabilidade maior do seu filho também seguir esse ritmo. Se seu filho ainda faz xixi na cama observe os seguintes comportamentos:

  1. Ele faz cocô todos os dias? O aspecto das fezes é muito grosso ou parece de cabrito? Quando ele vai ao banheiro sente dor? A cueca/calcinha frequentemente está suja de cocô?
  2. Ele suja a roupa de xixi durante o dia?
  3. Ele apresenta alguma deformidade visível na parte inferior das costas?
  4. Ele já havia parado de fazer xixi na cama há mais de seis meses e agora o hábito retornou?

LEIA TAMBÉM:

Se a resposta a qualquer uma dessas perguntas for sim, vale a pena conversar sobre isso com o seu pediatra para uma melhor avaliação e, no caso de algum problema, seu filho deverá ter acompanhamento de um nefrologista pediátrico.

Agora, se a resposta para essas questões for negativa aqui vão algumas dicas, mas lembre-se sempre de compartilhar tudo com seu pediatra.

  1. Certifique-se que seu filho beba bastante água durante o dia para não ter sede no período da noite;
  2. Não ofereça nenhum tipo de líquido (água, leite, suco, chás) de duas a três horas antes da criança dormir;
  3. Coloque a criança para urinar antes de ir para cama;
  4. Parabenize seu filho quando acordar seco e jamais brigue caso contrário. Lembre-se que nenhuma criança faz xixi na cama de propósito, isso é apenas uma imaturidade do sistema urinário;
  5. Faça um calendário do mês (pode ser em qualquer papel) e todas as manhãs estimule seu filho a fazer um desenho de sol quando acordar seco e um de chuva quando acordar molhado. Isso te ajudará a saber quantos dias a criança fez xixi na cama e servirá de reforço positivo para seu filho nos dias em que acordar seco;
  6. Não acorde seu filho à noite para levá-lo ao banheiro, pois isso te deixará exausto e não resolverá o problema.
  7. Deixe que o seu filho ajude a trocar os lençóis e colocar a roupa suja para lavar. Isso normalmente traz um pouco de responsabilidade e ajuda a incentivar a criança.

Para a grande maioria dos pacientes essas medidas são suficientes para adquirir continência noturna (parar de fazer xixi na cama), mas se você ainda estiver com qualquer dúvida vale a pena consultar um nefrologista pediátrico, que é o médico especializado em resolver este tipo de questão e avaliar a necessidade de ajuda com medicação. Hoje em dia existem muitas medições que podem ser utilizadas na tentativa de resolver esse problema, mas lembre-se que somente um especialista pode prescrevê-los.

*Este texto é de responsabilidade do colunista e não reflete, necessariamente, a opinião da Canguru News.

LEIA TAMBÉM:

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui