Para ler com seus filhos: Os passos do abraço

163

Leia em 2 minutos

Os livros infantis abrigam as mais diversas emoções e sentimentos. Podem acolher o medo, o espanto, o riso, e podem se rechear de afetos, ou da busca pelo afeto. Não é por acaso que muitas histórias terminam em beijos. Ou em abraços, como os dois livros que destaco na coluna deste mês.

Em Um abraço passo a passo, Tino Freitas e Jana Glatt criam uma história divertida, no ritmo do lenga-lenga, para crianças pequenas, que estão ensaiando os primeiros passos ou, quem sabe, aprendendo os primeiros números e letras… Com cores fores, texto rimado, palavras simples e muita coloquialidade, é um livro saboroso pra ler e reler, brincar e repetir, junto com a família. Afinal, estão no livro o pai, a mãe, a irmã, a turma toda! E tudo vai terminar, – que delícia! – num saboroso abraço, de palavra e de papel. 

Ficha Técnica:
UM ABRAÇO PASSO A PASSO. Texto de Tino Freitas, ilustrações de Jana Glatt. Editora Panda Books, 2016.

Sobre os autores:
Tino Freitas, cearense radicado em Brasília, é escritor, músico e promotor de leitura.
Jana Glatt, carioca, é ilustradora e designer, com trabalhos expostos no Brasil e no exterior.

O abraço do ouriço, de Adriana Barretta Almeida, é uma espécie de fábula poética sobre a amizade, o amor e, mais que tudo, sobre a importância do afeto. O personagem principal é um ouriço simpático e carente, que precisava muito de um abraço. Do calor, da magia e da alegria que envolvem um abraço. Mas quem vai se arriscar a chegar perto desse bichinho tão espinhento? Alguns animais até que tentam – o tatu, o carneiro, a vaca – , mas não é tão fácil assim… Ainda bem, descobre o ouriço, que existem várias formas de abraçar e de demonstrar nosso carinho.

Ficha técnica:
O ABRAÇO DO OURIÇO. Texto de Adriana Barretta Almeida, imagens de Veronica Fukuda. Editora Aletria, 2020.

Sobre os autores:
Adriana Barretta Almeida é uma escritora e psicopedagoga paranaense.
Veronica Fukuda, paulista radicada no Paraná, é escritora, ilustradora e escultora.

O escritor Leo Cunha publicou mais de 60 livros, como “Um dia, um rio”; (Ed. Pulo do Gato), “Virando a página”; (Ed. FTD), “Infinitos”; (Ed. Melhoramentos) e “O Livro Maluco das Poções Mágicas”; (Ed. do Brasil). Recebeu os principais prêmios da literatura infantil brasileira, como Jabuti, Nestlé, FNLIJ, Biblioteca Nacional e João- de-Barro. É também jornalista, tradutor e professor universitário.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui