5 dicas para melhorar a saúde mental, física e emocional das crianças (e dos pais!)

Medidas práticas e simples para ampliar o contato com a natureza e ajudar na conexão com a nossa própria essência

501
Menina negra de cabelo trançado está dietada na grama verde
O contato com a natureza é fundamental para o bem-estar das crianças
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

Você já reparou como, em todos lugares e momentos do dia, cada vez encontramos menos pessoas alegres, tranquilas, sorrindo ou interagindo? Ao contrário, o que mais encontramos são “zumbis” hipnotizados por alguma tela… 

Pois é, crianças de todas as idades ainda estão “pagando o alto preço” da pandemia!

No caso das crianças, muitas tiveram metade/um terço/um quarto de suas vidas afastadas de oportunidades de interação social com outras crianças. Elas não puderam desenvolver habilidades socioemocionais e não aprenderam (porque não puderam praticar) a conversar, fazer/aceitar/recusar pedidos, lidar com conflitos, resolver problemas, reconhecer e nomear seus sentimentos, colocar-se no lugar do outro e, principalmente, se autorregular.

Não é novidade para ninguém que todas as pessoas estão mais impacientes, irritadas, ansiosas e estressadas. Pais e educadores estressados acabam não conseguindo ter a paciência e saúde (física, mental e emocional) necessárias para criar e educar uma criança.

Como resolver esse problema de adoecimento mundial? 

Venho sugerir a ajuda de uma “mãe” de todos nós e que comprovadamente desperta o nosso melhor: a Mãe Natureza.

As pesquisas mais recentes na Pediatria Integrativa indicam que as crianças passam menos de uma hora por dia ao ar livre. No entanto, passam mais de 6 horas, em média, na frente de telas – e, segundo dados do IBGE, esse tempo já era de 5h35 em 2014! É urgente ampliar esse contato das crianças (e dos pais e cuidadores) com elementos da natureza!   

Como adultos e crianças podem ampliar o contato com a natureza:

1 – Preparar lanches e refeições permite que as crianças desenvolvam habilidades sociais e emocionais e aprendam a cuidar de si mesmas. Frutas, hortaliças, legumes e outros alimentos naturais podem ser preparados com a ajuda dos pequenos. Eles vão adorar aprender a descascar, lavar, picar, amassar, fatiar enquanto sentem a textura e percebem o cheiro e o sabor dos mesmos – essa é uma experiência sensorialmente riquíssima!

2 – Frequentar com regularidade espaços verdes com árvores, plantas e flores – sejam jardins, parques ou praças -, comprovadamente promove o bem-estar físico e emocional, visto que essa conexão com os diferentes elementos naturais reduz o estresse. Explore a textura do tronco de uma árvore, o cheiro de uma flor, o barulho do vento e da chuva e tudo mais que essa observação possibilitar. Permita que sua criança interior se delicie. Que tal andar descalça ou dar cambalhotas na grama, areia ou terra? 

3 – Observar o céu, de dia e de noite e, se possível, o nascer ou pôr do sol também, são espetáculos inesquecíveis que nos fazem lembrar de como estamos todos conectados. Muito pode ser ensinado e aprendido quando admiramos as nuvens, as estrelas, o arco-íris. Nossa visão agradece se incluirmos pausas entre as telas e olharmos pela janela para o horizonte. 

4 – Colecionar elementos naturais. Folhas, conchas, sementes, pedrinhas… Ensine a criança a coletar, nomear, cuidar e observar as diferenças entre esses elementos. Em tempos de coleção de figurinhas da Copa, essa proposta é o oposto do consumismo desenfreado, né? 

5 – Vamos nos lembrar de respirar? Conecte-se apenas com a sua respiração por alguns minutos – e ensine o seu filho a fazer o mesmo. De preferência, feche os olhos e fique em silêncio, sentado em uma posição confortável. Só essa pausa já é um presente para quem está sempre correndo de um lado pro outro, no automático.

Se conseguirmos ampliar nosso contato diário com os mais diversos elementos da natureza, conseguiremos nos conectar com a nossa própria essência natural e, portanto, melhorar nossa saúde mental, física e emocional – isso vale para crianças de todas as idades!

Capa do livro Natureza fora da caqixinha

Outras sugestões você encontra no livro Natureza fora da caixinha, de minha autoria em parceria com a consultora em sustentabilidade e pesquisadora em saúde e natureza Juliana Gatti. A obra será lançada no dia 30 de novembro, às 18h30, na Livraria da Vila, do Shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo. 

*Este texto é de responsabilidade do colunista e não reflete, necessariamente, a opinião da Canguru News.

LEIA TAMBÉM:

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui