Criatividade e infância

24
criatividade criança
Foto: Freepik

Uma das perguntas mais frequentes que escuto em minhas palestras e cursos é “O que faço para tornar meus filhos (ou alunos) mais criativos?” – ou ainda, como faço para não “engessar” meus alunos em conteúdos e matar a criatividade deles? Ambas são dúvidas ou anseios muito válidos. Nossa sociedade necessita de indivíduos criativos, capazes de aliar progresso e sustentabilidade. 

As crianças do século 21 são as que chamamos de nativos digitais, já nasceram num mundo tecnológico, onde a biblioteca se chama Google, o telefone se chama celular e o bilhete/recado é conhecido como WhatsApp. Como então engajar as crianças e conseguir a atenção delas? Como estimular seus cérebros a descobrirem coisas novas, a entenderem como elas funcionam, a imaginar e fazer acontecer, enfim, manter a mente aberta a novas possibilidades, cultivando o apetite por novas aprendizagens? Esse é o desafio de docentes e pais.

Leia também: O que autoestima tem a ver com criatividade?

Algumas dicas simples podem ajudar para termos crianças e consequentemente jovens mais criativos, mais motivados e corresponsáveis por sua aprendizagem:

  • Permitir que as crianças sejam autores de brincadeiras. Parece óbvio, mas não é. Na maioria das vezes ensinamos as brincadeiras, as regras e o como fazer. Não que isso esteja errado, pois as crianças aprendem por imitação. Mas para incentivar a criatividade, é necessário também construir objetos/brincadeiras. Deixem que inventem jogos, regras e discuta com elas o resultado obtido. 
  • Faça mais perguntas do que emita respostas. Estimular o pensamento é outra forma de conseguir pessoas mais criativas. Evite respostas prontas, ao receber uma pergunta  “Como as vacas ficam em pé nos morros sem cair?”, devolva com algo do tipo “ Como você acha que elas fazem isso?”

Leia também: A culpa é de quem?

  • Brincar junto continua sendo o segredo mais valioso. No entanto, proponha por exemplo brincarem sem usar nenhum objeto, apenas com os corpos e a imaginação. Vá para áreas externas, explore o gramado, parques municipais, corra junto, enfim, seja você o brinquedo muitas vezes. 
  • Trabalhar em equipe. Proporcione situações onde outras crianças estejam presentes e faça o papel de mediador do conhecimento e muitas vezes de conflitos também. As crianças precisam desenvolver inteligência emocional e estar junta com outras é maravilhoso para isso. 
  • Não há fórmulas prontas, pois não somos uma máquina. Contudo, experiências de sucesso comprovam que indivíduos mais criativos possuem mais chances de sucesso na vida adulta. Vale a pena investir o seu tempo!

Quer receber mais conteúdos como esse? Clique aqui para assinar a nossa newsletter.

24 COMENTÁRIOS

  1. Linda, maravilhosa que admiro muito!
    Deus te abençoe Ioio e obrigada pelas dicas….
    Juro que vou tentar falar menos( rs ) aqui em casa e deixar a criatividade fluir ❤

  2. Em tempos de avanço tecnológico, a presença física virou escassez. Muito se fala em teorias que favorecem o brincar, contudo pouco se produz sobre a vida prática das crianças. O alinhamento entre teoria e prática garante sucesso no desenvolvimento infantil para construção de um sujeito autor e não apenas telespectador.
    Seu artigo faz esse alinhamento fundamental entre o que é estudado e como ele pode ser vivenciado. O que permite, em linguagem acessível, que todos, ao lerem esse artigo, tenham um material valioso em mãos! Parabéns pelo trabalho!

  3. Texto muito importante e reflexivo!
    A infância é uma fase com muitas riquezas de aprendizagens e sabemos que é nessa fase que a criatividade é despertada, por isso, temos uma grande responsabilidade em nossas mãos, de estimular e sermos sábios para não bloquear esse processo criativo, que é tão importante durante todas as etapas da vida.
    Muito obrigada por compartilhar SEMPRE palavras com muita sabedoria. Te admiro!

  4. Querida Iolene, seu texto é muito valioso e propício para o momento geracional que estamos. Como pais e educadores acredito que um dos alvos a serem percorridos por nós é o de trabalhar a criatividade que por consequência estimula a inteligência emocional. Obrigada por compartilhar suas idéias e pelo seu compromisso com a educação!

  5. Parabéns Iolene,
    Nenhum aparelho eletrônico substitui essa parceria entre pais/professores na educação dos nossos filhos.
    Esta leitura é uma ótima reflexão para todos nós.

  6. Diante do cenário atual, essas dicas nos auxiliam muito, como profissionais da área de educação, mas também como pais.
    Muitas vezes terceirizamos a educação e também o emocional dos nossos filhos. Chegou a hora de sermos os verdadeiros mediadores, com amor e princípios.
    Excelente texto minha amiga.
    Deus continue te capacitando para nos orientar com sabedoria.

  7. Em um momento do texto meus olhos caiu em lágrimas , uma recordação boa de quando brincava com minha filha numa pracinha “…” saudades , voltei à 8 anos atrás num piscar de olhos!

    Obrigado Iolene Lima, o que dizer sobre você ?

    ” Na dificuldade conhecemos os verdadeiros amigos, quando o assunto é amizade, vale mais a qualidade do que a quantidade ”

  8. Iolene, sem sombra de dúvidas, suas dicas são extremamente valiosas para podermos estimular o desenvolvimento das habilidades e competências de nossas crianças. Parabéns!!!

  9. Meus Parabéns pelo texto Iolene, vejo que temos uma importante missão ao lado da família na vida dos nossos alunos, guiando cada um deles na busca do conhecimento, dando a oportunidade em aprender conosco através do ensinamento escolar e atividades extras, e nós aprendermos com eles também, através de seus sentimentos e expressões, creio que assim almejamos o nosso maior objetivo em formar cidadãos para a vida…Obrigado por tudo.

  10. Querida Iolene!
    Realmente temos que estimular cada dia mais nossos filhos e alunos para desenvolverem suas habilidades em diversos âmbitos de suas vidas.
    Só assim serão protagonistas de seu aprendizado.
    Obrigada por compartilhar conosco este momento tão rico e valioso.
    Grande abraço.
    Gi

  11. Querida Iolene!
    Realmente temos que estimular cada dia mais nossos filhos e alunos para desenvolverem suas habilidades em diversos âmbitos de suas vidas.
    Só assim serão protagonistas de seu aprendizado.
    Obrigada por compartilhar conosco este momento tão rico e valioso.
    Grande abraço.
    Gi

  12. Excelentes dicas! Como psicopedagoga posso dizer que a simples prática dessas estratégias pode evitar vários desafios de aprendizagem que se apresentam nos primeiros anos escolares.

  13. Maravilhoso texto! Como é importante buscar informações e aprender a estimular nossas crianças de forma correta, essencial nesses dias dominados pela internet! E você é sempre incrível! Sensível, atualizada e extremamente competente! Amo muito !!!

  14. Querida Iolene,
    Necessitamos que os alunos sejam realmente os protagonistas da aprendizagem. Obrigada pelos ensinamentos. Você, sem dúvida, ama o que faz.

  15. Matéria maravilhosa em tempos de isolamento, muitas dicas para que os pais possam elaborar com seus filhos, professora Iolene sempre com algo para nos ensinar.

  16. Iolene, um exemplo para nós educadores.
    Mesmo em meio ao caos ela sempre tem orientações para compartilhar com nós diretores.
    Precisamos de mais pessoas assim na educação.

  17. Com essa super Educadora aprendi tudo o que sou hoje.
    Uma gestora que faz com o coração e a alma, compartilha todo o seu conhecimento sem medo isso sim é Educação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui