Desfralde: dicas para tirar a fralda do seu bebê (sem estresse)

O desfralde do bebê exige paciência dos pais, pois trata-se de um processo que não tem duração pré-definida e significa um grande aprendizado para seu filho(a)

118
Desfralde: dicas para tirar a fralda do seu bebê (sem estresse); menina bebê de vestido rosa está sentada em piniquinho e segura rolo de papel de higiênico nas mãos
Iolene Lima lembra que "escapes", durante o período de adaptação, são esperados e os pais devem se preparar psicologicamente para isso

Leia em 2 minutos

Ninguém duvida que a maternidade traz consigo inúmeros desafios: dar ou não chupeta?, o que fazer quando o bebê chupa o dedo? São situações que exigem dos pais um posicionamento; e o desfralde é um deles.

O bebê vai crescendo e com isso logo percebe suas mãos, seus pés, os sons emitidos e depois chega à conclusão: o que está na fralda é produzido por ele. Essa mudança na capacidade de autopercepção é imensa, é de longe a maior aquisição nesse período, marcado pela saída da fase oral. Segundo especialistas, o período natural do desfralde do bebê é entre 18 meses e 3 anos, baseado na fase de desenvolvimento anal especificada pelo “pai da psicanálise”, o austríaco Freud. Mas como saber se está na hora certa?

Observe a própria criança. É crucial que todos estejam preparados, criança e família. Observe a capacidade de controle dos esfíncteres da criança. Em outras palavras: repare se ela se queixa quando está com a fralda suja e se avisa que vai fazer necessidades. Algumas se escondem e se abaixam quando querem fazer cocô, mostrando que têm consciência de suas eliminações e estão prontas para começar o desfralde.

Seguem algumas dicas para ajudar no desfralde do bebê:

  1. O desfralde deve começar pelo tempo diurno, ou seja, comece tirando durante o dia, por algumas horas. Depois, vá aumentando o tempo, gradativamente.  Deixe a criança com roupas mais leves e fáceis de tirar, caso vocês tenham que sair correndo para o banheiro.
  2. Fique de olho nos irmãos, se os tiver. Aproveitar o momento em que os irmãos vão ao banheiro e levar a criança menor também é uma boa saída. Assim, ela visualiza que todos usam o vaso sanitário.
  3. É normal ter “escapes”, se prepare psicologicamente para isso. Não faça dramas nem brigue com a criança. Ela precisa de segurança e muito amor nesse momento.
  4. Claro que se for possível, a melhor estação para iniciar o desfralde do bebê é o verão.
  5. Parabenize as vitórias, as conquistas. Faça uma verdadeira “festa” toda vez que der tempo ou que ela solicite o banheiro.
  6. Lembre a criança diversas vezes durante o dia da necessidade de fazer xixi e cocô.
  7. Se for sair, leve roupas extras.
  8. Avise à escola que você iniciou o desfralde.
  9. Depois de internalizado o desfralde diurno, inicie o noturno. A rotina a ser adotada é a de, antes de seu filho ir para a cama, evitar dar-lhe líquidos e levá-lo ao banheiro para que faça xixi. De manhã, coloque-o no vaso para que faça cocô. Assim, você vai lentamente educando seu intestino.

Em todo o processo lembre-se: ao fazer o desfralde, é preciso ter paciência, pois trata-se de um processo que não tem duração pré-definida e significa um grande aprendizado para seu filho ou sua filha. 


Leia também: Desfralde – como ajudar seu filho a ir ao banheiro


Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

Iolene Lima tem 4 filhos adultos (Rafael, Pedro, Mateus e Rebeca). É pedagoga, pós-graduada em psicopedagogia clínica e institucional. Tem especializações em gestão de instituições escolares, qualidade educacional e alfabetização. Dá formação para professores, palestras para pais e consultoria a gestores escolares.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui