10 sugestões de atividades que prometem muita diversão

Veja brincadeiras para entreter os pequenos e reduzir o tempo de eletrônicos

2535
Crianças de mãos dadas correm no parque
O brincar é essencial para o desenvolvimento da criança
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

Chegaram as férias e a criançada tá com toda energia? Esse é um ótimo momento para que possam relaxar e brincar sem a correria do dia a dia.  Por meio das brincadeiras, as crianças adquirem várias habilidades, estimulando, por exemplo, o desenvolvimento socioemocional e cognitivo. Quanto mais diversificadas as opções, mais atrativas se tornam, ajudando ainda a reduzir o tempo de uso de eletrônicos. 

“Esses dispositivos não são vilões, mas é preciso reconhecer, também, a importância de estar ao ar livre e de explorar aquilo que o virtual não consegue proporcionar, por exemplo, por meio de passeios a parques, praças e outros espaços abertos a pedestres”, afirma Sueli Marciale, diretora da unidade Granja Vianna do Colégio Rio Branco, em São Paulo.

Este período de recesso escolar é também uma oportunidade para que mamães, papais e cuidadores fortaleçam os laços afetivos com as crianças, reservando um tempinho para se divertir com elas. Para ajudar as famílias na organização da recreação, separamos a seguir dez sugestões de atividades que prometem muitas risadas e memórias afetivas para guardar de recordação das férias.

Galeria de arte

A ideia é fixar o barbante em uma parede com uma uma fita crepe ou dupla face, de preferência na altura da criança, para ela interagir com o mural livremente. Escolham juntos os trabalhos, fotos ou desenhos que querem pendurar, deixando-os  expostos por alguns dias. 

Cozinha em família

Bolo, cupcake, biscoitos ou cookies. As opções são muitas na hora de cozinhar em família, com receitas simples o bastante para o acompanhamento dos pequenos. As crianças gostam de separar os ingredientes, medir as quantidades, ler as receitas (para os mais velhos) e colocar a mão na massa para, por exemplo, quebrar ovos, mexer a mistura do bolo, fazer omeletes e, claro, caprichar na bagunça. Finalizado o prato, comer em conjunto pode ser gratificante.

Passeios ao ar livre

Basta chegar em uma área verde que a criança logo começa a explorar o ambiente. Folhas secas, pequenos galhos, pedrinhas e outros elementos da natureza instigam a curiosidades e as brincadeiras, seja sozinho ou em companhia de outras crianças. Parquinhos com brinquedos como balanços e gira-gira também são bem-vindos.

Noite do pijama

As crianças adoram fazer esse programa, que faz tanto sucesso que, muitas vezes, é tema de aniversários. Na sala ou no quarto, providencie colchões ou mesmo almofadas que acomodem todo o grupo e pense em um cardápio simples para oferecer aos pequenos,  como sanduíche de queijo, pipoca ou cachorro-quente. Filmes, livros e brincadeiras para fazer no escuro, como gato mia e teatro de sombra costumam agradar os pequenos. 

Mímica 

Nesse jogo, uma pessoa deve fazer mímica (gestos e ações) sem dizer uma palavra para que os demais adivinhem o que a pessoa está representando. A atividade é bastante antiga e demanda o exercício da criatividade, o que pode engajar pessoas de diferentes idades. As sessões podem ser divididas em categorias como personagens, objetos, animais, dentre outras possibilidades. 

Contação de histórias

É possível explorar a leitura com os pequenos – ou sugerir que leiam sozinhos – em diversas situações do dia. Por exemplo, logo ao acordar, quando as crianças estão mais dispostas, na brincadeira do acampamento e na hora de dormir. Seja qual for a hora, a leitura ajuda as crianças a ampliar seu repertório de histórias e a se expressar de diferentes formas, favorecendo também a compreensão de conceitos complexos.

Acampamento ou piquenique

Mesmo sendo brincadeiras que geralmente são feitas em áreas externas, é possível improvisar e fazer um piquenique ou acampamento até mesmo dentro de casa. Montar um camping ou definir a alimentação de um piquenique estimulam a cooperação de todos para ter um bom resultado. Para facilitar os processos, o ideal é dividir as tarefas entre os participantes, enfatizando que, ao final, as ações individuais se tornam coletivas e são fundamentais para o resultado. Dessa forma, a imaginação e a resolução de problemas são bastante estimuladas. 

Bola na piscina

Ideal para brincar na piscina, essa brincadeira não tem limites para o número de jogadores: quanto mais pessoas, mais divertido! Em uma fila, a bola é passada de um para o outro, podendo ser por cima da cabeça e (ainda mais desafiador) por debaixo das pernas. O último da fila deve nadar até o início e recomeçar a brincadeira até que todos voltem para a posição que estavam no começo do jogo. Para ficar ainda mais interessante, dividir-se em duas equipes permite que se comece uma competição.

Álbum de fotos

Prática comum em tempos passados, separar fotos e montar um álbum com todos os familiares é importante para contar histórias dos pais, avós ou tios que talvez as crianças não conheçam. Além de saber mais sobre sua família, essa é uma forma de se aproximar e dos filhos e pode ser usada também para recordar momentos de quando eles nasceram e outras datas marcantes como a amamentação, o colo e os primeiros passos.

Jogos de tabuleiro

Passatempos divertidos e populares, os jogos podem ajudar os pequenos a desenvolver habilidades sociais e estratégicas. Eles contribuem para organização e fortalecimento da atenção, ajudando a trabalhar a cooperação e a lidar com as frustrações e a busca por novas estratégias, garantindo o poder de tomada de decisões, tudo em um contexto lúdico.

LEIA TAMBÉM:

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News, sempre no último sábado do mês, no seu e-mail.

Verônica Fraidenraich
Editora da Canguru News, cobre educação há mais de dez anos e tem interesse especial pelas áreas de educação infantil e desenvolvimento na primeira infância. É mãe do Martim, 9 anos, sua paixão e fonte diária de inspiração e aprendizados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui