Professor de educação infantil deve ser altamente qualificado

11
professor de educação infantil
Foto: Divulgação - Prefeitura de São Paulo

A primeira infância é uma janela de aprendizagem para o ser humano. As oportunidades e experiências que uma criança tem nessa etapa, que vai do 0 aos 6 anos, impactam sobremaneira no seu desenvolvimento e no sucesso que ela terá na vida adulta. No entanto, ao estudamos a história e interface entre infância e educação, percebemos as transformações conceituais ocorridas ao longo do tempo, bem como o caminho lento da importância e reconhecimento dadas a essa fase da vida.

Até o século XVIII, a infância não era reconhecida em suas especificidades, não recebia lugar de destaque social, nem se pensava sobre as consequências ou não de uma boa educação nesse ciclo.

No período pós Revolução Industrial, com as mães saindo para trabalhar, houve uma maior preocupação com quem ficaria cuidando dessas crianças. Foi nesse contexto que surgiram as primeiras “creches ou pré-escolas” – o conceito era de cuidado e não de formação. Conceito esse que permaneceria na mente de muitos até os dias de hoje.

Com esse panorama de irrelevância, de não entendimento da infância como a que temos hoje, de fase de descobertas do mundo, de fortalecimento de relações sociais e de iniciação de conceitos que embasarão outros, a formação de professores para essa faixa etária também não foi vanguardista. Houve pouco incentivo, investimento e importância tanto em políticas públicas quanto em reconhecimento da figura docente para essa faixa.

Leia também: Experiências da infância, nossas e dos nossos pais, influenciam nosso DNA

O conceito de infância está diretamente atrelado ao papel da Educação Infantil, sendo assim, direcionando fortemente a formação de professores. Ainda hoje, em pleno século XXI, vemos nos currículos de Pedagogia uma tendência para outros estudos em detrimento do desenvolvimento infantil e tudo o que o cerca. Não estamos negligenciando outros olhares, apenas ressaltando que se faz urgente uma melhor formação acerca de todos os tópicos envolvidos quando se trata de infância.

Durante muito tempo a criança não foi vista como um sujeito de direitos, sendo assim, não se olhava também para esse professor como alguém relevante e insubstituível.

Leia também: ‘Não podemos deixar nenhuma criança para trás’, diz diretora de fundação

O professor de Educação Infantil precisa ser visto como profissional competente no tocante à infância, entendedor da dinâmica dessa faixa etária e do sujeito à sua frente. Desse modo, currículos precisam ser melhorados para a preparação desse profissional.

Segundo o educador  Sérgio Roberto Kieling Franco (livro O Construtivismo e a Educação), “trabalhar com a criança não é simplesmente treiná-la para que adquira hábitos sociais, mas possibilitar-lhe estabelecer uma relação sadia e rica com o meio que a cerca, de modo a impulsionar o seu desenvolvimento e a apropriação de conteúdos novos.” Portanto, esse profissional deve ser altamente qualificado e reconhecido como alguém imprescindível em nossa sociedade.

Quer receber mais conteúdos como esse? Clique aqui para assinar a nossa newsletter.

11 COMENTÁRIOS

  1. Ótima abordagem da Canguru. Parabéns à Ioelene pela abordagem de um tema relevante. O impacto dos bons professores na vida das crianças de hoje, refletirá no que serão no futuro. Um dos fatores mais importantes, além do preparo cognitivo, é o preparo socioemocional dessas crianças. Professores com habilidades e competências nessa área, ajudará seus pequenos alunos a desenvolverem as competências e habilidades que precisarão no futuro.

    • Obrigada, Claudinei, estamos sempre atentos para que os colunistas tragam sempre temas pertinentes e que enriqueçam a discussão sobre o universo da primeira infância

  2. Parabéns pelo texto Iolene, acompanho seu trabalho e admiro muito sua competência. Realmente o professor merece ser visto com mais cuidado do que vem acontecendo, tanto quanto ao reconhecimento do papel que exerce e que é fundamental para o desenvolvimento geral da nação, como para que os próprios professores busquem cada vez mais se especializar e atualizar quanto as suas competências e conhecimentos da formação e desenvolvimento do indivíduo.

  3. Até mesmo os pais precisam ter esse olhar e valorizar o trabalho do educador infantil, pois muitos têm no seu entendimento que, a economia financeira deve ser feita nessa faixa etária para um futuro universitário, no entanto, o investimento se faz necessário justamente nessa fase, onde os alicerces estão a ser construídos.

    • Verdade, Gislene, os pais também precisam entender a importância da educação infantil e do investimento, não só no sentido financeiro, dessa etapa

  4. Compreendo, diante de estudos do desenvolvimento humano sob a perspectiva da psicologia, que assim como ha um tempo determinado pra gestação biológica que nos confere traços e DNAs específicos, há também um tempo pra “gestação emocional“ do ser humano e este se da principalmente nesta fase de 0 a 6 anos. Daí a importância de tamanha atenção e dedicação de nossas escolas com as crianças que recebemos na educação infantil . Pois o desenvolvimento que ali proporcionamos tem enorme influência nos “traços emocionais“ de cada uma delas .

  5. Infelizmente, nas faculdades de Pedagogia, se ensina muito sobre política e pouquíssimos sobre infância. E quando os professores iniciam sua carreira ficam inseguros com a prática e muitos até desistem da profissão

  6. Agradeço aos professores da educação infantil que incentivaram meus filhos a leitura, foi algo diferente do que eu tive e acredito que precise realmente investir nos professores e nesta fase tão importante para a formação humana !!

  7. Concordo com você Iolene, com certeza essa é a educação que nossos pequenos devem ter.
    Parabéns pela matéria, além de excelente e nos refletir.

  8. Os ganhos de aprendizagem na educação infantil são determinantes para o sucesso das crianças e os déficits muitas vezes irrecuperáveis.É urgente uma melhor formação, capacitação e incentivo para essa classe docente. Iolene está certíssima em chamar atenção ao que poucos focam.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui