Ensine o seu filho a ganhar, gastar, poupar e doar

0
ensinar a poupar

Hoje, ao dar consultoria para pessoas e famílias no seu planejamento financeiro, muitas vezes encontro adultos repetindo o mesmo comportamento desequilibrado financeiramente que teve sua origem quando ainda eram crianças. A falta de uma correta formação durante infância e adolescência é a razão do surgimento de um adulto totalmente despreparado para lidar com sua vida financeira. 

Mas como nós pais podemos proceder para evitar a repetição deste quadro? Mostrando ao longo do crescimento dos nossos filhos, os valores que serão importantes para a criação de um bom relacionamento com o dinheiro. Segundo a educadora Cássia Aquino, uma das maiores especialistas em educação financeira infantil, com vários livros publicados, o correto processo de se educar uma criança para lidar com dinheiro deve contemplar quatro conceitos importantes: ensiná-los como ganhar, gastar, poupar e doar. 

Leia também: O que autoestima tem a ver com a criatividade

Para ensinar como ganhar, temos de mostrar aos nossos filhos os valores do trabalho e a importância da sua formação, onde ao longo do tempo, eles devem se preocupar em aumentar seus conhecimentos e habilidades. Nas palestras que dou em escolas muito vezes encontro crianças que não têm a menor ideia do que os pais fazem. Uma vez, uma criança dizia que o pai viajava muito. Um coleguinha então disse que ele devia ser piloto de avião. O menino então concordou: seu pai devia ser mesmo piloto de avião. Depois descobri que na realidade ele era representante comercial. Explicar ao filho o que fazemos no trabalho é importante para que entenda o nosso dia a dia e também para que valorize a nossa carreira. 

Ensinar a gastar é ensinar a fazer escolhas. Uma boa oportunidade é quando vamos às compras. Desde muito pequena, levo minha filha ao supermercado. Ela sempre pode comprar uma coisa fora da lista de compras de nossa família. Mas só uma. E a cada dia ela vai fazendo suas escolhas!

Leia também: Que tipo de relação você está construindo com o seu filho?

Ensinar a poupar é pouco a pouco diminuir a necessidade imediata que nasce com as crianças. Se no início essa necessidade imediata ajuda o bebê na sobrevivência, durante a vida poderá ser prejudicial. 

Ensinar a doar é ensinar nossos filhos a serem generosos. E não somente a generosidade financeira, mas também a importância da doação de tempo, atenção, talento. Precisamos mostrar a nossos filhos que eles têm a capacidade de serem generosos. Uma boa ideia para começar é incentivá-los a doar periodicamente os brinquedos que não usam mais.

Mas como tudo em educação, o mais importante é o exemplo que os pais dão para os seus filhos. Não adianta nada pais que fazem todo um discurso para os seus filhos sobre os diversos valores da educação financeira, mas no dia a dia têm uma vida financeira completamente desestruturada. Esta será a imagem que eles guardarão!

Quer receber mais conteúdos como esse? Clique aqui para assinar a nossa newsletter.

Carlos Eduardo Freitas Costa
Carlos Eduardo Freitas Costa é pai de Maria Eduarda, 11 anos, e João Pedro, 3 anos. Tem formação em ciências econômicas pela UFMG, especialização em marketing e em finanças empresariais e mestrado em administração. É autor de diversos livros sobre educação financeira para adultos e crianças, entre os quais: 'No trabalho do papai' e 'No supermercado', além da coleção 'Meu Dinheirinho'. Saiba mais em @meu.dinheiro

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui