‘Marcelo, Marmelo, Martelo’, clássico de Ruth Rocha, vira série infantil de TV

Primeira adaptação da escritora para as telas estreia neste sábado (8): "Estou muito entusiasmada”, disse a escritora à Canguru News; assista ao trailer abaixo

754
Elenco mirim e Ruth Rocha, que fez uma participação especial na série | Foto: Divulgação
Elenco mirim e Ruth Rocha, que fez uma participação especial para o programa | Foto: Divulgação
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

Um dos livros mais famosos da escritora Ruth Rocha, Marcelo, Marmelo, Martelo, escrito em 1976, foi adaptado para a TV, em série com 13 episódios que poderá ser vista a partir deste sábado (8), no canal por assinatura Nickelodeon Brasil, às 18h30. Na mesma data, o programa também estará disponível na plataforma de streaming Paramount+.

Ruth fez uma participação especial para a série e disse estar satisfeita com o resultado final do programa. “Li as adaptações ao livro e gostei, por isso concordei que eles fizessem o programa. Vi uma filmagem e até participei de uma gravação curta, de meia hora. Achei as crianças muito bonitinhas e simpáticas. Estou muito entusiasmada”, afirmou a escritora à Canguru News.

A série conta as aventuras de um menino diferente, que gosta de reinventar palavras e tem um jeito próprio de falar, pensar e se vestir. Nas suas explorações do mundo, Marcelo conta com três amigos: Catapimba, Teresinha e Gabriela. Juntos, eles aprontam muita bagunça no bairro do Caramelo.

Ruth explicou que a produção também usou como referência os livros da coleção A turma da nossa rua, que trazem histórias com os diferentes personagens amigos do Marcelo. “Ele inventava palavras, essa é a graça dele e não ser compreendido, quer dizer, no fim do livro a família o compreende. Hoje em dia se fala das diferenças, mas eu estou trabalhando com essas ideias há 50 anos, tenho vários livros que falam sobre isso, em que eu tento minimizar, mostrar como é inútil e injusta a discriminação”, comentou. 

A atriz Antoniela Canto, que faz parte do elenco de adultos, destacou o fato de a série apresentar personagens diversos. “É uma série super inclusiva, cada personagem é de um jeito e essa foi uma preocupação na produção”, afirmou ela durante coletiva online para a imprensa com todo o elenco.

Enzo Rosetti, que faz o papel de Marcelo na obra, contou que sempre gostou dos livros da Ruth e estava muito feliz em poder encenar o personagem principal. “É uma honra poder fazer esse papel. Foi incrível a gente saber que a Ruth foi lá e nos viu filmar. Eu sempre quis conhecê-la. Foi muito da hora.” 

Já o humorista Oscar Filho, que também estreia na temporada, disse ter lamentando não estar no dia da gravação com a escritora. “Rolou meio que um ciúme entre os adultos, a gente queria estar lá também”, brincou ele.

Oscar diz que participar da primeira adaptação de um livro da escritora para as telas é uma responsabilidade grande, ainda mais em tempos de supervalorização de conteúdos na internet. “A gente acaba esquecendo de ler o que é bom e que tem qualidade de verdade. A gente não pode esquecer de pegar boas histórias, bons personagens e poder transformar em bons audiovisuais.”

Para o Theo Werneck, “é fundamental poder trazer algo da literatura para o streaming, aumentando o número de pessoas alcançadas, e fazer com que as pessoas procurem os livros, é o que a gente espera, que esse caminho seja de ida e volta.”

LEIA TAMBÉM:

Elenco infantil

A série tem direção geral de Eduardo Vaisman e música-tema interpretada pelo cantor Arnaldo Antunes. O elenco mirim é liderado por Enzo Rosetti, Davi Martins, Rihanna Barbosa e Lara Capuzzo.

“Foi muito legal gravar a série, a gente acabou ficando amigo e até saiu junto”, disse Lara. “Falei para a minha mãe que me encaixava perfeitamente com a Teresinha. Foi incrível passar nos testes”, comentou Rihanna, que ressaltou ainda a importância de respeitarmos uns aos outros. “Todo mundo merece respeito, é muito errado não respeitar as diferenças”, disse ela, pelo fato de o personagem Marcelo ser um garoto diferente. O ator Davi Martins elogiou a história, que busca incentivar a igualdade entre as pessoas. “É muito legal ter diferenças, cada um tem suas especialidades.”

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui