MAM São Paulo oferece atividades educativas online; confira a programação

A partir de 11 de maio, o museu promoverá duas semanas com atividades inéditas

MAM oferece atividades educativas online em maio; criança de costas desenhando sobre mesa
Foto: Karina Bacci/Divulgação

Leia em 10 minutos

Prepare-se para semanas com muita arte e cultura! Para celebrar o Dia Internacional de Museus (18/05) e o Dia Mundial do Brincar (28/05), o Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) realizará a 19ª edição da Semana Nacional de Museus, com muitas atividades online divertidas. Norteada pelo temaO futuro dos museus: recuperar e reimaginar”, escolhido pelo Conselho Internacional dos Museus (ICOM), a semana visa trazer discussões sobre a importância dos museus para a cultura. A Semana Mundial do Brincar, promovida pela Aliança pela Infância, instituição parceira do MAM, busca celebrar a infância, o direito a ela e o brincar como modo livre e espontâneo de ser e estar no mundo.

Entre as atividades online, destaca-se a apresentação virtual do projeto MAM no Minecraft, iniciativa idealizada pelo Museu em parceria com a Microsoft e a Agência Africa. Para os amantes da música, a programação oferece uma oficina online de percussão com a Banda Alana; e um encontro com música e movimento para bebês, mães e pais, conduzido por Sandra Bitar e Gih Maldonado. Confira a programação!


Leia também: ‘Pinafamília’, programa da Pinacoteca de São Paulo, agora tem formato digital


Semana Nacional de Museus

Experiência poética: Sombra, sombra minha, oficina virtual

Acervo do MAM/Divulgação

Inspirada na obra de Regina Silveira “Meret Oppenheim com sombra peluda”, a oficina virtual estimula a imaginação a partir de desenhos feitos das sombras dos objetos que nos rodeiam. Separe uma boa lanterna e participe!

11 de maio, terça-feira, às 16h

Oficina virtual no Zoom, aberta ao público. Necessário realizar inscrição prévia no site do museu. Caso precise de um intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48hs de antecedência.

Materiais:

  • Uma fonte de luz como uma luminária, lanterna ou abajur
  • Papéis sulfite branco ou colorido
  • Canetas, lápis ou giz de cera
  • Fita adesiva

Mediação virtual: Fotografia como linguagem

Acervo do MAM/Divulgação

Esta visita virtual realizada pelo Zoom é destinada a professores, educadores e pesquisadores. A visita acompanha a exposição Clube de colecionadores de fotografia do MAM – 20 anos, que utiliza uma abordagem que considera a fotografia como linguagem. A exposição também retrata os aspectos semióticos das fotos e a construção das imagens enquanto arte.

12 de maio, quarta-feira, às 16h

Para participar é necessário realizar a inscrição prévia no site do museu. Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48hs de antecedência.


Leia também: Ballet, música, circo… atividades extracurriculares funcionam no online?


Planta-Colagem, oficina virtual com Manuela Eichner

Acervo do MAM/Divulgação

Manuela Eichner, artista que comandará a oficina, trabalha entre São Paulo e Berlim, realizando vídeos performances, ilustrações, instalações e murais, sempre utilizando os princípios de colagem e a relação entre corpo, espaço e natureza. Na oficina, serão desenvolvidos temas como intuição, adaptação e nutrição trabalhando manualmente com imagens, folhas coletadas e desenho. O intuito é investigar o potencial das plantas para reencantar nossos sentidos e observar a metamorfose que acontece por toda a parte.

14 de maio, sexta-feira, às 16h

Oficina virtual no Zoom, destinada a crianças a partir de 4 anos. Necessário inscrição prévia no site do museu. Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48hs de antecedência.

Reimaginar e recortar: construindo imaginários de um museu

Acervo do MAM/Divulgação

Esta oficina virtual será mediada por Amanda Santos, designer e artista visual que atua como educadora no MAM São Paulo. O intuito é construir novos imaginários de museus a partir de reflexões e práticas feitas com colagem. Nos últimos anos, o propósito dos museus passou a ser revisitado e repensado, afinal, para quais fins um museu deve existir? O dicionário Oxford informa que museu é uma “instituição dedicada a buscar, conservar, estudar e expor objetos de interesse duradouro ou de valor artístico, histórico, etc”, mas, o que e como desejamos buscar, conservar, estudar e expor?

18 de maio, terça-feira, às 16h

No Zoom, para crianças a partir de 4 anos, acompanhadas de seus responsáveis. Necessário inscrição prévia no site do museu. Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48hs de antecedência.

MAM no Minecraft: expandindo fronteiras, com Francisco Tupy

Acervo do MAM/Divulgação

Neste encontro virtual com Francisco Tupy, professor e game designer, será apresentado o MAM no Minecraft, um jogo de videogame no qual é possível realizar visitas ao museu, construir ou reconstruir obras de arte e aprender sobre a história da arte brasileira por meio de atividades lúdicas e online. O projeto dialoga com a missão do museu em investir na formação cultural, educacional e artística da sociedade, tendo a arte como um dos elementos fundamentais para educação e construção da cidadania.

19 de maio, quarta-feira, às 18h

No Zoom, aberto ao público. Necessário realizar inscrição prévia no site do museu. Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48hs de antecedência.


Leia também: A paixão pela natureza em forma de livro: a inédita obra infantil de Itamar Assumpção


Encontro prático virtual de escuta de imagens, com Elidayana Alexandrino

Acervo do MAM/Divulgação

A proposta deste encontro é de uma vivência experimental de escuta de imagens, uma roda virtual de conversa. Com participação de Elidayana Alexandrino, artista visual, educadora e pesquisadora, a conversa traz um debate sobre a forma como nos relacionamos com a quantidade de imagens que vemos e produzimos diariamente. Será que também nos tornamos imagens na era das multitelas?

20 de maio, quinta-feira, às 16h

Encontro virtual no Zoom, livre. Necessário realizar inscrição prévia no site do museu. Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48hs de antecedência.

Experiência poética: Qualquer lugar é minha terra

Acervo do MAM/Divulgação

Inspirada na obra Anywhere is my land (Qualquer lugar é a minha terra), do artista Antonio Dias, serão criados mapas afetivos para o próprio território poético de cada pessoa, a partir de coletas de vivências e experiências pessoais e organização da própria história de vida. É um convite para o autoconhecimento, para expandir os limites e afirmar seu pertencimento a qualquer lugar do mundo.

21 de maio, sexta-feira, às 16h

Oficina virtual no Zoom, aberta ao público. Necessário realizar inscrição prévia no site do museu. Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48hs de antecedência.

Materiais:

  • folhas diversas para desenho livre
  • lápis de cor
  • canetas
  • canetinha
  • giz de cera e/ou giz pastel
  • tinta aquarela

Semana Mundial do Brincar

Brincando com a madeira, encontro virtual com Adelsin

Acervo do MAM/Divulgação

Adelsin (Adelson Fernandes Murta Filho) é artista plástico e integrante da Casa das 5 Pedrinhas/Zerinho ou Um, que trabalha há mais de 30 anos com a pesquisa, documentação e irradiação da cultura das crianças. Este encontro virtual é destinado a pais, educadores, estudantes e artistas. Adelsin nos convida a contemplar imagens e relatos dos brinquedos surgidos desse eterno encontro humano e madeira pelo Brasil afora, apresentando-nos a possibilidade de construção de um tamborzinho de caixinha de fósforos e/ou de um helicóptero de caixinha de fósforos e palito de picolé.

Os participantes que quiserem construir os brinquedos apresentados deverão ter duas caixinhas de fósforos das de madeira, quatro palitos de picolé, um palito de churrasco e dois metros de linha de soltar pipa. Também será preciso um furador que pode ser uma chave Philips bem fininha, um prego médio ou uma sovela.

25 de maio, terça-feira, às 16h

Encontro virtual no Zoom. Necessário realizar inscrição prévia no site do museu. Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48 horas de antecedência


Leia também: TV Futura estreia nova programação infantil; uma das séries traz música da cantora Fernanda Takai


Música e movimento para bebês, mães e pais, com Sandra Bitar e Gih Maldonado

Acervo do MAM/Divulgação

Este encontro conta com a participação de Sandra Bitar, que trabalha há mais de 10 anos com música e movimento para bebês, e Gih Maldonado, artista musical que realiza projetos com música, corpo, voz e percussão. Na atividade, mães, pais e bebês a partir de 6 meses são convidados a interagir através de brincadeiras cantadas. Serão exploradas possibilidades de apoio, subir e descer, entregar o peso, abrir espaços internos, buscar espaços externos, tudo com muita música e movimento! Prepare um espacinho no chão da sala, roupas confortáveis e tecidos.

26 de maio, quarta-feira, às 16h

Oficina virtual no Zoom. Necessário realizar inscrição prévia no site do museu. Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48hs de antecedência.

O brincar em casa, com Lia Mattos e Sandra Eckschmidt do projeto Território do Brincar

Acervo do MAM/Divulgação

Esta atividade virtual é aberta para famílias, crianças, professores, educadores, pesquisadores e cuidadores. Sandra Eckschmidt e Lia Mattos, pesquisadoras do projeto Território do Brincar, compartilham a experiência da pesquisa “Brincar em Casa”. Além de apresentar o caminho da pesquisa, elas convidam as participantes a olharem para o corpo da criança durante o brincar espontâneo como o espaço primordial da criação. O intuito é enxergar o “casa-corpo” da criança em tempos pandêmicos como lugar de saúde, esperança e potencial criativo.

27 de maio, quinta-feira, às 16h

Encontro virtual no Zoom. Necessário realizar inscrição prévia no site do museu. Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48hs de antecedência.


Leia também: Para ler com os filhos: Os pintores e as crianças


Oficina online de percussão com Banda Alana

Acervo do MAM/Divulgação

Nesta oficina online, integrantes da Banda Alana introduzem os pequenos ao universo da percussão. Se tiver instrumentos de percussão eles serão muito bem-vindos na oficina, mas caso não tenha, separe colheres de pau, baldes, bancos e potes. Não é necessário experiência prévia. Do toque, batuque, raspagem ou chacoalho de um instrumento de percussão fazem-se sons e ritmos que parecem ecoar do coração. 

Com orientação de Silvanny Rodriguez e Adriana Biancolini, a Banda Alana foi criada em 2007 através do Núcleo de Recreação e Cultura do Instituto Alana. A banda realiza apresentações com percussão, metais, violão, contrabaixo e canto.

28 de maio, sexta-feira, às 16h

Oficina virtual no Zoom, livre (crianças acompanhadas de seus responsáveis). Necessário realizar inscrição prévia no site do museu. Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail [email protected] com até 48hs de antecedência.

Sobre o MAM São Paulo

Localizado no Parque Ibirapuera, o Museu de Arte Moderna de São Paulo foi fundado em 1948 e é uma sociedade civil de interesse público, sem fins lucrativos. Sua coleção conta com mais de 5 mil obras produzidas pelos mais representativos nomes da arte moderna e contemporânea, principalmente brasileira. Tanto o acervo quanto as exposições privilegiam o experimentalismo, abrindo-se para a pluralidade da produção artística mundial e a diversidade de interesses das sociedades contemporâneas.


Leia também: Veja os bonecos amarelos e outras obras de “Os Gêmeos” em tour virtual


Gostou do nosso conteúdo? Receba a Canguru News no seu e-mail. É grátis!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui