TV Futura estreia nova programação infantil; uma das séries traz música da cantora Fernanda Takai

Conteúdo educativo está organizado por faixa etária e traz temas como protagonismo das crianças, diversidade e resolução de conflitos

TV Futura estreia nova programação infantil; menina índia mira alvo e segura arco e flecha nas mãos

Leia em 6 minutos

A TV Futura estreou esta semana uma nova faixa de conteúdo educativo para crianças, que inclui animações, séries e programas, produzidos em diferentes partes do mundo. Organizada por faixas etárias – de 3 a 7 anos e de 8 a 12 anos –, a programação busca apoiar a agenda de direitos da infância e da adolescência, abordando temas como protagonismo infantil, diversidade, inclusão, convivência na escola, resolução de conflitos, relações familiares e empatia.

Uma das séries, “O dia em que fiquei mais forte”, traz histórias reais, narradas por crianças de todo o mundo, em situações de resiliência, superação e autoconfiança. Dois episódios dessa coprodução internacional foram gravados no Brasil, na cidade de São Paulo e em uma aldeia indígena no Amazonas, com participantes selecionados a partir de fóruns e grupos de pesquisa, realizados de forma remota durante a pandemia. Em “Meu primeiro arco e flecha”, a menina indígena Tauana enfrenta barreiras impostas às mulheres em sua cultura, numa aldeia no Amazonas. Já o episódio “Caixa de memórias” acompanha o menino Ítalo, que perdeu o pai para a Covid-19, e sua amizade com seu papagaio de estimação, em São Paulo.

A música-tema da versão brasileira da série foi gravada pela cantora Fernanda Takai, no estúdio em sua casa, em Belo Horizonte. Ela diz que emocionou com o projeto que a fez recordar a infância e o dia em que levou seu violão para a escola. “Eu mal sabia tocar, mas o fato de levar foi como ter um superpoder, um escudo. Eu tinha 9 anos e foi muito importante para mim. Simbolizava uma aptidão que eu tinha e talvez tenha conquistado alguns amigos ali naquele dia”, disse Fernanda.

Maya Götz, diretora da Fundação Prix Jeunesse, criadora da série, diz que o programa se inspirou em um estudo mundial que revela que há experiências típicas, em determinados ambientes, vivenciadas por crianças do mundo todo, em que elas percebem sua própria força. “Essas experiências, porém, acontecem em contextos culturais específicos, com seus hábitos e rituais. Contar essas histórias de todo o mundo fortalece a resiliência e também a compreensão da diversidade cultural. As histórias mostram, de uma forma muito forte: Somos todos iguais, mas de formas diferentes”, afirma Maya.


Leia também: Em vídeo, Mundo Bita alerta sobre importância da vacinação infantil


Brincadeiras, neurociências e até temas considerados tabu estão na programação 

Entre os novos títulos que serão exibidos pela TV Futura está a animação nigeriana “Bino & Fino”; as séries colombianas “Nossas Brincadeiras” e “Cienciheróis”; a argentina “Neuroquê?” e a ficção australiana “Primeiro Dia”, em que a protagonista é uma adolescente transgênero e sua experiência na nova escola. Também fazem parte as produções nacionais “Aventuras de Amí”, da Bahia, que conta com a dublagem da jornalista e influenciadora digital Tia Má; “Bia Desenha”, de Pernambuco, além da série de ficção “Tabuh!”, que aborda temas sensíveis como morte e sexualidade. Todos os novos conteúdos poderão ser vistos de segunda-feira a domingo, das 7h às 9h, e de segunda a sexta-feira, das 17h às 18h, sendo exibidos também nas plataformas dos canais Globo e Globoplay, com acesso gratuito. A seguir, saiba mais sobre cada programa e os horários de exibição.


Leia também: Michelle Obama estreia série sobre alimentação saudável na Netflix


Nova programação infantil da TV Futura

O Dia Em Que Me Tornei Mais Forte
A série internacional traz episódios de resiliência baseados em histórias reais contadas por crianças do mundo todo.
Dois episódios foram gravados no Brasil.
Exibição: terças e quinta-feira, 7h25

Bia Desenha
Brasil (Pernambuco). Os primos Bia, 5 anos, e Raul, 6, dividem o mesmo quintal. Ali, seus encontros depois da escola, para brincar e desenhar, se transformam em grandes aventuras. A série estimula a comunicação em uma família pouco convencional, investigando os temas que passam pela cabeça das crianças enquanto elas se expressam com letras, traços e cores.
Exibição: segunda e quarta-feira, 7h

Cienciheróis
Colômbia. Em todo o país, super-heróis anônimos lutam contra os males terríveis que ameaçam suas comunidades, olhando além do óbvio. Eles encontram soluções criativas e trabalham em equipe: são os Cienciheróis.
Exibição: segunda, quarta e sexta-feira, 7h15

Tabuh!
Brasil. Série de ficção de quatro episódios que aborda, com leveza e humor, temas considerados tabu, como morte, sexualidade e crenças sobre a origem da vida. Os episódios são protagonizados por crianças.
Exibição: segunda-feira, 17h30

As Aventuras de Amí
Brasil (Bahia). A animação aborda o difícil e delicioso processo de crescimento das crianças, seus ritos de passagem e desafios, com a premissa de que a imaginação transforma o mundo em um lugar mais divertido.
Exibição: terça e quinta-feira, 7h

Bino e Fino
Nigéria. A série acompanha um casal de irmãos gêmeos que descobrem aspectos diferentes sobre o mundo, a vida e a história do continente africano.
Exibição: terça e quinta-feira, 7h07

Nossas Brincadeiras
Colômbia. Crianças apresentam suas brincadeiras favoritas e por que gostam tanto delas. O público pode descobrir as regras de jogos diferentes e conhecer as histórias de meninos e meninas para quem brincar é uma ferramenta de integração e inclusão.
Exibição: terça e quinta-feira, 7h15

Território do Brincar
Brasil. Um convite para brincar, trocar, vivenciar brincadeiras, festejos populares, fazeres e saberes da infância, com crianças de diversas regiões do Brasil.
Exibição: terça e quinta-feira, 7h22

Neuroquê?
Argentina. Protagonizada pelo neurocientista Fabrício Ballarini, a série apresenta a história de um tio neurocientista e sua sobrinha. Em seus passeios, Fabrício tira dúvidas de Martina, faz brincadeiras investigativas e, com demonstrações simples, explica como funciona o cérebro humano.
Exibição: terça-feira, 7h30

Pequenos Grandes Talentos
Brasil. A série retrata a vida de crianças tocadas por um dom que lhes permitiu vencer adversidades e conquistar um lugar na História.
Exibição: quarta-feira, 7h30

Jogo Duro
Austrália. A série de ficção conta a história de Mikey, um garoto da Nova Zelândia que se muda para a Austrália e descobre um jogo ultracompetitivo de handebol na escola. Seus novos amigos unem forças para treiná-lo e enfrentar a rainha do esporte na escola. Uma série cheia de empatia e humor, com temas como multiculturalismo e inclusão.
Estreia: 19/04. Segunda e Sexta-feira, 7h30

Primeiro Dia
Austrália. A série de ficção acompanha Hannah Bradford, uma garota transgênero que precisa enfrentar os desafios de uma nova escola, onde vai cursar o Ensino Médio, e encontrar a coragem para viver seu verdadeiro eu.
Estreia: 21/04, Quarta-feira, 17h30


Leia também: “Pirimbim” é nova série de podcast para crianças


DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui