10 dicas de como ler para as crianças

0
Ler para crianças - pai e filho
Foto: nappy

Que ler para crianças faz bem e é importante para o desenvolvimento delas, todo mundo sabe. Mas, na prática, nem sempre é fácil arrumar tempo e criatividade para sentar junto com os filhos e entrar no mundo da fantasia e das histórias infantis. 

Em meio à rotina puxada, com trabalho, cuidado da casa e dos filhos, o estímulo à leitura, muitas vezes, acaba sendo deixado de lado. Ou, então, entra na disputa de interesse com concorrentes de peso como a TV ou o tablet.

Leia também: 5 livros para crianças de 4 a 6 anos

Mas isso não deve ser motivo para desânimo! Com pequenas mudanças de atitude e organização, é possível promover a leitura dentro de casa. E ainda que demande um certo esforço, vale a pena, pelos benefícios que seu filho vai receber. Por exemplo, no processo de alfabetização e no fortalecimento dos vínculos afetivos. 

10 dicas para o momento de leitura

Pedimos às curadoras Renata Nakano, do clube de leitura Quindim, e Sarah Helena, do Leiturinha, para que dessem sugestões de como tornar o momento de leitura com os filhos um hábito prazeroso. Confira:

  • Leia junto com seu filho: não basta dar um livro para a criança e falar que é importante ler. A mãe ou o pai devem acompanhar o filho na descoberta de novos mundos e histórias. 
  • Ler por prazer, não por obrigação: tanto para a criança quanto para os pais, o momento da leitura tem que ser algo prazeroso e enriquecedor. Procure criar um ambiente confortável para você e seu filho. Aproveite esse momento para fortalecer vínculos e se divertir junto com seu pequeno; 
  • Deixe a criança à vontade: evite criar regras como ler sentado ou determinar um espaço para que ela leia. Isso pode imprimir um caráter de obrigação ou restritivo. Seu filho deve ver a leitura como um descanso e se sentir confortável com os livros. 
  • Estabeleça uma rotina: é melhor começar com pouco do que não começar. Procure algum tempo na semana para ler junto com seu filho. Você pode aproveitar algum intervalo ou atividade de rotina que a criança já tenha, como a hora de dormir ou em algum momento de brincadeira. Os clubes de leitura recomendam a leitura compartilhada por pelo menos três vezes na semana para a criança ganhar familiaridade com os livros;
  • Escolha bons livros: procure títulos bem escritos e ilustrados. Folheie antes o livro para saber se você e seu filho vão aproveitar a leitura. Se tiver tempo, pesquise por autores conhecidos no país ou livros elogiados por profissionais da área de educação. Os clubes de leitura também ajudam nesse sentido, ao fazer uma seleção criteriosa dos livros que enviam aos seus membros. 
  • Evite livros-brinquedo ou livros com personagens de desenhos animados: frente a outros brinquedos e à presença dos personagens preferidos nas telas, esse tipo de livro pode servir para um primeiro contato do seu filho com o mundo da leitura, mas é mais interessante apresentar histórias inéditas e que saiam da zona de conforto;
  • Brinque de ler: entre na história com seu filho e divirta-se. Imite sons de bichos e de fenômenos da natureza. Pergunte sobre os personagens da história e sobre o que pode acontecer em seguida. Transforme a leitura em uma grande aventura!
  • Não retire atividades de que a criança gosta para inserir a leitura, como por exemplo: “desligue a TV e vai ler um livro”. Isso associa um caráter punitivo ou de obrigação à leitura, e pode inclusive criar aversão da criança à prática, já que o livro passa a ser um obstáculo para o que ela gosta de fazer;
  • Tenha paciência: nem sempre a criança vai se empolgar com as primeiras experiências de leitura. Pode ser preciso sentar junto muitas vezes até criar o hábito e inserir o livro no cotidiano do seu filho. Quando ele resistir, você pode tentar sentar perto dele e ficar folheando o livro, sem falar nada. As crianças se interessam pelo que os pais fazem e querem participar das descobertas.
  • Dê o exemplo e não desista: leia, espalhe seus livros pela casa, fale entusiasmado sobre o que está lendo nas refeições ou em outros momentos em família. Isso irá contagiar a criança e criar curiosidade para que ela mergulhe com você no mundo da literatura.

Enquete: você lê para seu filho?

Para saber se a prática de ler para os filhos é comum, perguntamos para nossas seguidoras no Instagram: ‘Você costuma ler para o seu filho?’. E a boa notícia é que os resultados foram positivos:

  • SIM = 88%
  • NÃO = 12%

Queremos agradecer a sua participação! Pedimos que siga interagindo nas nossas redes sociais. A ideia é aproveitar a sua contribuição para produzir conteúdos úteis e de qualidade – e que possam ajudar você, mamãe e papai, no dia da dia com as crianças.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui