Dois idiomas: vantagens e desvantagens desse aprendizado

A pediatra Marcela Noronha comenta prós e contras da educação bilíngue

40
Menino olha para globo terrestre em suas mãos
Ao optar por uma educação bilingue, pais precisam avaliar prós e contras, assim como os objetivos de criação a longo prazo

Nos dias atuais com grande oferta de escolas e berçários bilingues, além dos lares muitas vezes formados por pais que falam duas ou mais línguas, precisamos entender as vantagens e desvantagens de prender dois idiomas para conseguir tomar a decisão mais acertada quanto ao que é melhor individualmente para os nossos filhos. Vamos lá?

Vantagens

  • Os bebês de lares bilingues, prontamente distinguem os dois idiomas desde os primeiros dias de vida tanto da parte gramatical como da parte fonoaudiológica;
  • A capacidade metalinguística, ou seja, a capacidade de pensar sobre o outro idioma, é muito superior à das crianças criadas em lares onde apenas uma língua é falada;
  • Quanto mais cedo aprendemos outro idioma, melhor a pronúncia e a facilidade de aprender, pois aqui temos uma janela de oportunidade, ou seja, o cérebro está no seu melhor momento para absorver o conhecimento de uma nova língua. 

Aspectos Neutros

  • Os marcos iniciais de linguagem como o balbucio permanecem iguais, independentemente da quantidade de idiomas ouvidos pelos bebês.

Desvantagens

  • Os bebês bilingues sabem menos palavras de cada um dos idiomas aprendidos do que bebês monolíngues, embora normalmente o número total de palavras faladas (juntando as duas línguas) seja igual independentemente da quantidade de idiomas ouvidos pelo bebê. Essa diferença persiste em idade escolar;
  • A maioria das crianças não adquire a mesma fluência nos idiomas e, consequentemente, tendem a pensar mais lentamente no idioma menos praticado;
  • Quando a língua que a criança é menos fluente é a utilizada no seu ensino escolar, existe um risco maior de problemas de aprendizagem. 

Pais que optam por uma educação bilingue precisam equilibrar as diversas vantagens e desvantagens, assim como os objetivos de criação a longo prazo. Na minha opinião as vantagens de ser bilingue na idade adulta superam as eventuais desvantagens na infância na grande maioria das vezes. Lembrando: indivíduos são únicos e talvez o seu filho se desenvolva melhor em um lar onde apenas uma língua é falada. Não existe certo e errado e sim o que é melhor para o seu filho e a sua família e agora você já tem o conhecimento que precisa para tomar essa decisão!

*Este texto é de responsabilidade do colunista e não reflete, necessariamente, a opinião da Canguru News.


LEIA TAMBÉM:


Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui