Como (e por que) o uso de telas atrapalha o sono das crianças

Segundo Sandra Doria, pesquisadora do Instituto do Sono, celulares, TV, tablets, computadores e videogames emitem comprimento de luz azul que inibe a liberação da melatonina, hormônio essencial para a hora de dormir

3057
Criança antes do sono utilizando telas
Para garantir a qualidade do sono das crianças, não utilizar telas uma hora antes de dormir pode fazer a diferença, pontua Sandra Doria, do Instituto do Sono.
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

Apesar dos benefícios e facilidades na rotina, entretendo as crianças e colaborando com a possibilidade de aulas e atividades remotas, o uso excessivo de telas ao longo do dia pode impactar no desenvolvimento infantil e afetar a qualidade do sono à noite. Sandra Doria, médica e pesquisadora do Instituto do Sono, explica que o uso de eletrônicos uma hora antes de dormir pode gerar interrupções no sono da criança, pois o cérebro estará ativo em um momento em que deveria já estar se preparando para o descanso:

“Quando você está vendo alguma coisa, seja um joguinho ou até alguma coisa educativa, você está exercitando e estimulando o seu cérebro. Ao dormir, você precisa ir desacelerando seu cérebro. Se você está acelerando de alguma forma, por algum estímulo de eletrônico, você está sendo contraditório com o ato de dormir. E a gente não tem no nosso cérebro um botão ‘on/off’, precisamos aos poucos ir mostrando pra essa criança que está na hora de ir dormir”, diz Sandra.

A pesquisadora esclarece que a luz que as telas de celulares, computadores e outros dispositivos emitem apresentam um comprimento de luz azul, que inibe a produção da melatonina, o “hormônio da escuridão”. Com isso, a melatonina, responsável por dizer ao cérebro que está na hora de dormir, não exerce seu papel.

O sono de má qualidade e quantidade insuficiente ainda pode afetar o desempenho escolar, relação com colegas e familiares e até impactar no crescimento das crianças na infância.

Nos vídeos a seguir, Sandra Doria esclarece questões sobre como as telas podem afetar o sono, os efeitos disso a longo prazo na rotina dos pequenos e formas de os pais regularem o uso dos aparelhos na hora de dormir.

Parte 1 – No caso das crianças, o uso de telas antes de dormir, de modo geral, pode afetar a qualidade da noite de sono?


Parte 2 – Que consequências o sono fragmentado ou distúrbios do sono trazem para as crianças?

Parte 3 – Quais os principais fatores que afetam a qualidade do sono da criança?


Parte 4 – Qual é a importância do exemplo dos pais?

Parte 5 – O uso de telas antes de dormir pode contribuir para que a criança tenha insônia?

Parte 6 – A criança que dorme mal vai ter uma relação mais tumultuada com os pais e colegas?

Parte 7 – O que é higiene do sono e o que os pais podem fazer para ajudar o filho a dormir melhor?

Parte 8 – Se ao acordar a criança já pega o celular imediatamente, de que maneira isso vai afetar a sua qualidade de sono, posteriormente?


LEIA TAMBÉM:


DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui