Rodas de conversa discutem paternidades e masculinidades em São Paulo

Evento acontece na quinta-feira (14), no espaço B2Mamy; pai solo, Ton Kohler, organizador das rodas usa a própria experiência para conscientizar outros homens sobre a importância da figura paterna na criação dos filhos

144
Pai segura filha nos braços que aponta para o alto
Papel do pai é fundamental na criação dos filhos
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

“Já me senti paizão enquanto era paizinho, já me senti superior pela minha masculinidade e percebi que muito do que eu acreditava ser importante, era ínfimo. O amor e a dor abrem os olhos da alma e a gente passa a entender que muito dos valores que recebemos e fomos educados a conquistar são superficiais quando colocamos as causas da equidade parental e de gênero na balança”, avalia o educador parental paranaense Ton Kohler. Ele diz que “a mente se abriu” após a perda da esposa, devido a um ataque cardíaco, em 2018, quando teve de assumir sozinho o cuidado dos dois filhos pequenos. 

Desde então, Ton se tornou um porta-voz da paternidade responsável, alertando para a importância de os pais estarem presentes na vida dos filhos, possibilitando uma divisão igualitária de tarefas e do cuidado com as crianças. Nas redes sociais, ele criou o perfil Papai em dobro para difundir conteúdos sobre o assunto e provocar reflexões sobre a desconstrução de estereótipos de gênero, bem-estar das famílias e a paternidade no ambiente de trabalho, entre outros aspectos.

Esses são inclusive alguns dos temas que serão discutidos nas rodas de conversa Homens do Amanhã, evento que acontece em São Paulo na quinta-feira, 14 de setembro, no espaço B2Mamy, na zona oeste da capital paulista. 

Segundo Ton, as rodas são acolhedoras e seguras para todos os tipos de figuras masculinas e parentais que prezam pela construção de uma família saudável

LEIA TAMBÉM:

“As rodas levantam a importância das lutas das mulheres e contribuem para construir uma sociedade mais justa e igualitária para todos, reconhecendo que normas de gênero ultrapassadas e restritivas afetam homens e mulheres de maneira negativa”, diz o organizador do evento. Ton ressalta que além dos homens, o público feminino e pessoas LGBT+ também são bem-vindos para enriquecer a discussão sobre paternidades e masculinidades

Conheça os pais e a mãe que irão mediar as conversas:

Rodrigo Exmann: atua na área de diversidade, equidade e inclusão, é sponsor do Soul Afro no Brasil e atua como responsável pelo Departamento Jurídico de MedTech na América.
Tomas Dotti: jornalista, empresário e criador da comunidade Papo de Pai.
Diego de Oliveira: psicólogo e gerente sênior de recursos humanos no Mercado Livre.
Luiz Eduardo Kfouri: consultor em masculinidades com foco na saúde dos homens, membro da Comissão de Justiça Restaurativa e Círculos de Paz da OAB-RJ e idealizador do Portal Mundo Homem. 
Niltinho Ricardo: produtor de conteúdo digital, colunista da Canguru News, mediador das rodas de conversas paternas do The Dad’s Club e membro do Coletivo Pais Atípicos; 
Lutcho Giannini: chef executivo do Restaurante Escola Senac PR, professor da PUC e da Universidade Positivo, consultor de gastronomia e multiplicador do Sistema B Brasil, um movimento que defende um sistema econômico mais inclusivo, equitativo e regenerativo. 
Renata Calviello: orientadora parental especializada em neurociências, desenvolvimento e inteligência infantil, CEO da Noeton, empresa de inteligência educacional e parentalidade que produz projetos, treinamentos e consultoria para escolas e organizações.

Para saber mais sobre a programação do evento e inscrição, clique aqui.

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News, sempre no último sábado do mês, no seu e-mail.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui