Prefeito decreta estado de emergência na cidade de SP devido a coronavírus

54
estado de emergência

Bruno Covas, prefeito de São Paulo, decretou estado de emergência na capital devido à pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A decisão foi publicada no Diário Oficial do município nesta terça-feira (17). O estado de São Paulo registrou a primeira morte por Covid-19 do país e é a unidade federativa com o maior número de casos confirmados: são 152 dos 234 casos do Brasil.

O decreto estabelece um conjunto de medidas de combate ao avanço do vírus. Entre elas, a dispensa de licitação para compra de bens e serviços destinados ao enfrentamento da emergência. Se um servidor tiver o diagnóstico de Covid-19 confirmado, deverá ser licenciado para tratamento e seguir as orientações do Ministério da Saúde. Servidores que estejam voltando do exterior devem trabalhar de casa por sete dias, mesmo que não apresentem sintomas – o período aumenta para 14 dias para servidores que viajaram para regiões consideradas endêmicas pela infecção do novo coronavírus ou que apresentarem sintomas.

Leia também: Coronavírus: saiba quais são as recomendações para as crianças

Entre outras medidas, também foram estabelecidos:

  • A suspensão do rodízio municipal de veículos;
  • O fechamento imediato de museus, bibliotecas, teatros e centros culturais públicos municipais;
  • A suspensão de programas municipais ou eventos que possam ter aglomeração de pessoas;
  • A fixação de informativos sobre medidas de proteção individual a serem adotadas por trabalhadores e usuários no transporte público e divulgação de mensagens sonoras de prevenção em terminais;
  • A limpeza e a higienização total dos ônibus ao chegarem ao fim da linha, antes de voltarem a circular.

O prefeito Bruno Covas também informou que vai se mudar para a sede da prefeitura para acompanhar a situação da pandemia de perto – ele teve diagnóstico de câncer no ano passado e está passando por tratamento.

Quer receber mais conteúdos como esse? Clique aqui para assinar a nossa newsletter.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui