É cedo para voltar aos cinemas? Especialistas comentam

Consultamos três infectologistas pediátricos para saber a opinião deles neste assunto

92
Cinema nas férias: dá para levar as crianças com segurança?; menina de máscara está sentada em poltrona de sala de cinema
Para que o programa seja seguro, é preciso respeitar o distanciamento, usar máscara e não comer durante a sessão

Leia em 3 minutos

Ir ao cinema nas férias com as crianças é um ótimo programa para se fazer em família. Ainda mais nas férias, em que é preciso muita imaginação para pensar em passeios que sejam divertidos e seguros para todos. Mas em tempos de pandemia, fica a dúvida: será que é indicado frequentar espaços fechados por algumas horas, ainda que haja circulação de ar?

Para Adyleia Contrera Tora, professora doutora do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), ir ao cinema é arriscado neste momento. “Ainda estamos na pandemia. O cinema é um lugar fechado, o que pode facilitar a transmissão”, diz a professora. Ela ressalta que para que esse programa seja seguro, é preciso que todos usem máscara e respeitem pelo menos 1,5 metro de distanciamento, tanto de lado quanto nas fileiras de frente ou de trás de cada espectador. E o ideal é não comer durante a exibição do filme. “Isso pode diminuir o risco mas não posso dizer que é 100% seguro”, afirma Adyleia.

O infectologista pediátrico Marcelo Otsuka, vice-presidente do Departamento Científico de Infectologia da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP), tampouco acha seguro frequentar cinemas em época de pandemia. “Locais fechados favorecem a transmissão do vírus então, por melhor que seja o ar condicionado, nunca será satisfatório, até porque a higienização dos bancos nos locais nem sempre é feita como deveria ser”, analisa o infectologista. Para ele, um dos grandes problemas é garantir o distanciamento entre as pessoas, assim como o uso correto da máscara. “São práticas que muitas vezes as pessoas não respeitam. Esse é o grande problema para controle da Covid-19 em um ambiente fechado”, pontua o médico. Marcelo levanta ainda a prática de comer pipoca e beber algo durante a exibição do filme, o que exige retirar a máscara. “A questão é se haverá respeito por todos, inclusive as crianças. Se a higiene das salas e a ventilação serão adequadas. Se não haverá comida na sala, o que implica retirar a máscara”.


Leia também: Teste de coronavírus em crianças: o que considerar para realizar o exame


Além da Covid, há o risco da gripe

Alessandra Pala, pediatra e infectologista do Instituto Fernandes Figueira da Fundação Oswaldo Cruz (IFF/Fiocruz) diz que esse não é o tipo de programa mais adequado para esta época. “Por mais que tenha haja restrição no número de espectadores e o distanciamento seja respeitado, é um ambiente confinado, com ventilação de ar condicionado”, afirma Alessandra. Ela lembra que há novas cepas circulando, cujo comportamento ainda é pouco conhecido, destaca que além do coronavírus, há a questão da gripe, outro vírus que também é pode ser transmitido pelo ar. “Estamos em um momento de sazonalidade da gripe, é uma outra doença com sintomas respiratórios que podem ser confundidos com os do diagnóstico da Covid-19 e também demanda atendimento médico, contribuindo para a sobrecarga de sistema de saúde, então, por tudo isso, acho que ir ao cinema, teatro ou qualquer lugar que seja confinado, não é uma boa ideia agora”, pontua a infectologista da Fiocruz, que recorda que crianças acima de dois anos devem usar máscara.

Passeios ao ar livre são mais seguros

Para sair com as crianças, os especialistas recomendam espaços abertos e ao ar livre. “Parques, locais para piquenique, brincadeiras com bola, visita a sítios ou fazendas, onde se possa ver animais são mais recomendados. Vale aproveitar esses espaços para mostrar coisas da natureza e brincar com as crianças em um ambiente saudável. Ainda, praias menos urbanas ou que sejam mais vazias também são uma opção”, orienta a professora da Unicamp. Alessandra Pala também sugere espaços abertos, como zoológicos, parques, praça, lagoa e praia.


Leia também: Máscara infantil: qual é a mais segura agora?


Gostou do nosso conteúdo? Receba a Canguru News semanalmente no seu e-mail. É grátis!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui