Liderança eficaz: como cultivar autoridade sem autoritarismo na família

A psicóloga Helen Mavichian fala sobre como os pais podem desenvolver a autoridade de maneira a inspirar confiança e respeito nos filhos

38
Mãe apoia suas mãos sobre as mãos do filho no sofá
É importante saber ouvir os filhos e envolvê-los na tomada de decisões, destaca psicóloga
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

Por Helen Mavichian* – Ser um líder eficaz dentro da família requer um delicado equilíbrio entre autoridade e empatia. Muitos pais caem na armadilha de serem excessivamente autoritários, impondo suas vontades e criando um ambiente de medo e submissão. No entanto, essa abordagem raramente produz resultados duradouros e pode minar o engajamento e a motivação dos filhos.

A verdadeira liderança parental surge quando somos capazes de desenvolver autoridade de uma maneira que inspire confiança e respeito, em vez de temor. Isso envolve cultivar uma presença calma e confiante, demonstrar competência e integridade, e criar uma cultura de colaboração e responsabilidade compartilhada.

Pais com autoridade, mas sem autoritarismo, sabem ouvir e envolver os filhos no processo de tomada de decisão. Eles comunicam de forma clara e transparente, explicando o raciocínio por trás de suas escolhas e estando abertos a feedback. Esse tipo de pai ou mãe também é paciente e compreensivo, reconhecendo que erros e desafios fazem parte do crescimento e abordando-os de uma maneira construtiva.

LEIA TAMBÉM:

Ao mesmo tempo, pais eficazes estabelecem limites claros e expectativas, mas também concedem autonomia quando apropriado. Isso demonstra confiança nos filhos e encoraja a responsabilidade individual. Acima de tudo, eles servem como modelos de comportamento, mostrando o tipo de atitude e desempenho que esperam dos outros.

Cultivar essa autoridade natural requer autoconhecimento, humildade e uma jornada constante de aprimoramento. Não é um processo fácil, mas os benefícios são imensos: uma família engajada, motivada e capaz de alcançar resultados excepcionais, em um ambiente de respeito mútuo e colaboração.

É possível perceber isso no dia a dia do consultório a partir das falas das crianças, notar como elas apresentam frustrações e agressividade quando os pais e autoridades as tratam de forma desrespeitosa e como afeta o desenvolvimento dessas crianças crescer em um ambiente impositivo.

Liderança eficaz dentro da família não é sobre dominação, mas sim sobre inspiração. É sobre criar um espaço onde todos possam florescer, desenvolvendo seu potencial e contribuindo de maneira significativa para a harmonia familiar. Esse é o legado de pais verdadeiramente transformadores.

*Helen Mavichian – psicoterapeuta especializada em crianças e adolescentes e mestre em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

*Este texto é de responsabilidade do colunista e não reflete, necessariamente, a opinião da Canguru News.

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News, sempre no último sábado do mês, no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui