Aplicativos para crianças ganham selo de aprovação de educadores

    Google Play lança página com apps e jogos para crianças selecionados por educadores

    163
    Aplicativos para crianças ganham selo de aprovação de educadores; pai e filha olham para tablet
    Análise dos apps considerou fatores como adequação à idade do usuário, qualidade da experiência, aprendizado e exposição de publicidade.

    Leia em 2 minutos

    Diversas pesquisas têm mostrado que as crianças aumentaram o tempo de uso de celular, TV e videogames na pandemia, deixando muitos pais preocupados quanto a o que os filhos estão consumindo nesses dispositivos. Para ajudá-los nesse sentido, o Google Play criou um selo de qualidade que indica os aplicativos aprovados por um time de especialistas acadêmicos e professores de diversos países, incluindo o Brasil, que analisam critérios como adequação à idade da criança usuária, qualidade da experiência, aprendizado e exposição de publicidade. Os conteúdos com o selo “Aprovado por professores” podem ser encontrados na categoria “Crianças” na loja de aplicativos.

    Até agora, mais de 100 app receberam o ícone de validação, entre os quais os brasileiros Bob Zoom, Pequerruchos e Puzzloo. A seção conta também com informações explicando os motivos da recomendação, mostrando aos pais por que aqueles programas são adequados para as crianças. 

    “O anúncio não seria possível sem os professores que, nos últimos anos, vêm trabalhando em estreita colaboração conosco para selecionar aplicativos que possam ajudar as crianças a se desenvolver, crescer e se divertir. Confiamos nesses profissionais para enriquecer o desenvolvimento de nossos filhos e somos gratos por compartilharem sua experiência ao avaliar aplicativos que as crianças usam fora do ambiente escolar”, comenta Maia Mau, Head de Marketing do Google Play para a América Latina.

    Um estudo recém-divulgado pela Datafolha mostrou que oito a cada dez crianças e adolescentes, entre 6 e 18 anos de idade, passaram a usar mais dispositivos eletrônicos neste período de isolamento social. Já a pesquisa Crianças e Smartphones no Brasil, indicou que 95% das crianças, entre 10 e 12 anos têm acesso a aparelhos móveis, seja próprio ou dos pais. Mais de 90% das famílias dizem se preocupar em controlar o que os filhos fazem e acessam nos celulares, segundo a análise.

    Para ter acesso aos aplicativos aprovados, basta acessar o Google Play de qualquer smartphone ou tablet Androids. O assinantes do Google Play Pass podem encontrar os apps selecionados na seção ‘Aplicativos e Jogos para Crianças’. É possível também definir regras digitais básicas para os filhos, como limites de tempo de uso, por meio do aplicativo Family Link.


    Leia também: Crianças e adolescentes no TikTok: especialistas comentam riscos no uso do aplicativo


    Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

    DEIXE UM COMENTÁRIO

    Por favor, deixe seu comentário
    Seu nome aqui