5 animações para apresentar às crianças culturas de diferentes países

Em época de férias com a garotada, confira a seleção de filmes que mostram ritmos musicais, festas tradicionais, lendas e outros elementos de diferentes contextos culturais e ajudam a ampliar a visão das crianças sobre essas manifestações

687
O jupará Vivo e o músico Andrés na animação Netflix
O jupará Vivo e o personagem Andrés na animação Netflix "A Jornada de Vivo" | Imagem: reprodução Youtube/Netflix

Durante as férias, uma boa oportunidade de passar um tempo com as crianças em casa é juntar a família para ver um bom filme. Além dos lançamentos mensais e os títulos já favoritados dos pequenos, a Netflix apresenta produções que se dedicam a retratar contextos culturais diversos na narrativa, inserindo ritmos musicais, festas tradicionais, lendas e outros elementos de culturas diferentes que ampliam a visão da criança sobre essas manifestações, sem deixar o entretenimento de lado. Confira abaixo uma seleção de 5 animações disponíveis na Netflix que se passam em diferentes países e retratam suas culturas de forma diversa para assistir com as crianças:

1- A Jornada de Vivo (2021)

Duração: 1h 39 minutos

Classificação indicativa: Livre

“A Jornada de Vivo” é um lançamento recente da Netflix que te leva em uma viagem diretamente para Cuba. A história gira em torno de Vivo, um jupará – uma espécie de macaco encontrado principalmente em regiões da América Central e América do Sul – que entra em uma jornada para realizar o sonho de seu amigo, o músico Andrés, de entregar uma espécie de carta de amor em formato de música para uma paixão antiga, a cantora cubana Marta Sandoval. Para isso, Vivo sai de Havana, capital de Cuba, onde sempre viveu com Andrés, e embarca para Miami, onde acontecerá o último show de Sandoval.

Além da história divertida e animação cheia de cores vivas, o filme conta com um repertório cultural musical característico da cultura cubana. Mesmo com grande parte da história se passando na Flórida, os ritmos latinos são exaltados a partir de Vivo e seu repertório musical que compartilhava com Andrés, e se misturam ao longo da aventura do jupará com outros ritmos como rap e música eletrônica. As músicas são composições de Lin-Manuel Miranda, produtor de trilhas sonoras de filmes como Moana e Encanto, animação lançada em novembro pela Disney. 

2- A Caminho da Lua (2020)

Duração: 1h 40 minutos

Classificação indicativa: Livre

Ambientado na China, “A Caminho da Lua” utiliza mitologias e histórias tradicionais do país e menos conhecidas no Ocidente para construir uma história emocionante e muito musical. No enredo, a jovem Fei Fei decide construir uma espécie de nave espacial improvisada para ir ao espaço e provar a existência da deusa Chang’e, figura muito presente nas histórias que sua mãe contava antes de falecer. 

A lenda da deusa não existe apenas como parte das animações na Netflix, mas também na vida real: conhecida como a ‘deusa da Lua’ nas tradições e mitologia chinesas, a história de Chang’e conta que ela foi separada de seu grande amor, o arqueiro Hou Yi, após beber um elixir que a fez ser levada à lua, tornando-a uma deusa. É a partir dessa história que a China comemora um de seus mais tradicionais festivais, o Festival da Lua, que também é retratado junto com toda a ancestralidade da história da deusa em A Caminho da Lua. 

3- Maya e Os 3 Guerreiros (2021)

Duração: 9 episódios (variam entre 26 e 44 minutos)

Classificação indicativa: 10 anos

Além de filmes para todos os gostos, o catálogo de animações da Netflix também apresenta boas opções de séries infantis para ver com as crianças. Ao longo de nove episódios, a minissérie “Maya e Os 3 Guerreiros” se baseia em elementos das culturas maia, inca e asteca para contar a história de Maya, uma princesa guerreira que entra em uma aventura com deuses e personagens míticos para cumprir uma profecia e salvar a humanidade de alguns inimigos. 

Além da representatividade da diversidade cultural e étnica das culturas mesoamericanas, ou seja, dos povos maias, incas e astecas, há influência da cultura caribenha ao longo dos cenários com reinos, magos e deuses da série, além da presença língua espanhola inserida na narrativa. Além de intrigante, a jornada de Maya pode trazer novos conhecimentos e universos culturais para as férias das crianças, e apresenta lições de amizade, coragem, humildade, dentre outras.

4- Din e o Dragão Genial (2021)

Duração: 1h 42 minutos

Classificação indicativa: 10 anos

Com uma proposta inspirada no enredo de “Aladdin”, porém feita a partir de elementos de cultura sul-asiática, “Din e o Dragão Genial” traz uma história capaz de emocionar toda a família e, além disso, conectar questões de classe social, valorização das origens e uma representação fiel de Xangai, na China, onde tudo acontece. 

Na trama, Din é um garoto que sonha em retomar o contato com sua melhor amiga de infância, Li Na, que mudou do bairro onde moravam quando eram mais novos. No processo, ele encontra o dragão mágico Long, que pode conceder três desejos a Din por o ter libertado de um bule de chá, e o acompanha na busca pelo reencontro com Li Na. Nesse processo, é possível ver a ligação forte de Din com a comunidade onde cresceu, além de aspectos que mesclam tradições ancestrais chinesas, cenários da China contemporânea e elementos ocidentais. 

5- Pachamama (2019)

Duração: 1h 11 minutos

Classificação indicativa: 10 anos

O longa que fecha a lista de animações Netflix recebe o nome da principal deusa celebrada na cultura de países dos Andes Centrais, como Peru e Bolívia, e é ambientado em uma vila perto de Cusco, no Peru. Os protagonistas são duas crianças, Tepulpai e Naira, que habitam uma aldeia andina. Quando uma estatueta sagrada é roubada de seu povo, eles saem da aldeia em uma jornada para recuperar o objeto.

De forma divertida e compreensível para as crianças, “Pachamama” aborda questões políticas, sociais e culturais envolvendo os povos originários dos Andes, além de retratar um processo de crescimento e amadurecimento dos protagonistas. Além disso, conta com a lhama Lamita – que certamente irá cativar os pequenos ao longo da aventura de Tepulpai e Naira.


LEIA TAMBÉM:


Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui