Busca de escola: ferramenta ajuda famílias a fazer uma escolha mais assertiva

Plataforma criada por três mães empreendedoras, após passarem pelo desafio de encontrar uma escola alinhada a seus valores, a SchoolAdvisor indica instituições a partir de uma análise de informações dos pais e do aluno

314
Mãe e filho fazem anotações sobre busca de escolas,
7 em cada 10 pais comparam entre 4 e 6 escolas antes de tomar uma decisão, indica pesquisa feita pela SchoolAdvisor
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

A escolha de uma escola para os filhos é quase sempre uma decisão difícil para os pais. Encontrar uma instituição que atenda aos critérios que eles priorizam e se mostre próxima ao perfil do aluno exige tempo e dedicação para garantir uma escolha assertiva e responsável. 

“A escola precisa estar alinhada com as expectativas, os valores e as necessidades de cada indivíduo. Realizamos uma pesquisa e constatamos, por exemplo, que para 65% dos pais é importante ter uma sala de leitura, já outros 35% prefeririam que a escola tivesse um laboratório maker. Não existe certo, existe expectativa de cada um”, afirma Viviane Massaini, uma das sócias da SchoolAdvisor, plataforma de busca e recomendação de escolas particulares. A ideia de criar o canal surgiu a partir da experiência pessoal dela e de outras duas mães empreendedoras, após passarem pela necessidade de busca de escolas para os próprios filhos e perceberem que um dos maiores anseios das famílias era justamente a falta de um espaço que reunisse informações das escolas e possibilitasse realizar uma pesquisa de forma otimizada.  

A criação da plataforma, lançada em 2019, se mostrou ainda mais relevante diante da alta demanda pelo serviço: anualmente, mais de três milhões de famílias decidem por uma nova escola na rede privada de educação no Brasil, seja para início da vida estudantil ou devido à mudança de instituição. 

Segundo o levantamento feito no canal, sete em cada dez pais comparam entre quatro e seis escolas antes de tomar uma decisão. Além disso, 49% levam de três a nove meses no processo de escolha. E mais: 87% já desistiram de matricular seu filho em uma escola em que estavam bem interessados, por terem se decepcionado com a visita presencial. 

O site permite procurar instituições por bairro e nível de ensino e reúne dados de mais de 40 mil escolas em todo o país. Além disso, conta com diversas ferramentas gratuitas que trazem uma série de informações para uma análise aprofundada antes da tomada de decisão. 

LEIA TAMBÉM:

4 passos para facilitar a busca da escola

Uma dessas ferramentas é a metodologia dos quatro passos facilitadores, que a partir de questionários preenchidos pela família traz orientações sobre perfis das escolas, critérios de escolha, indicações de instituições e checklist na hora da visita. 

No primeiro passo, os pais devem preencher um questionário cujas informações são utilizadas para conhecer melhor o perfil familiar e da criança, bem como os tipos de práticas escolares mais afins. 

“São 24 questões, elaboradas em conjunto com uma psicopedagoga, que ajudarão os pais a ter ainda mais conhecimentos para entender o perfil familiar e do estudante e identificar tendências e características mais próximas dos valores da família”, explica Viviane.

O resultado aponta quais características devem ser buscadas na instituição, entre as quais: 

  • o modo de conduta dos professores 
  • a forma como o conhecimento é transmitido 
  • o entendimento de como os estudantes aprendem 
  • os métodos de avaliação 
  • o tipo de planejamento das aulas 
  • a maneira como a rotina é desenhada no dia a dia.

A empreendedora ressalta que ter clareza desses aspectos é essencial, visto que a insatisfação com o projeto pedagógico com frequência leva a mudanças de escola: em 2022 quase 30% das famílias trocaram de instituições por esse motivo, de acordo com o estudo da plataforma. Para Viviane, essa mudança provavelmente é fruto da falta de alinhamento de expectativas e conhecimento na hora da escolha.

O segundo passo, o Mapa de Critérios, é uma ferramenta que ajuda a estabelecer os valores inegociáveis e os valores desejáveis, para que fique mais claro de quais aspectos é possível abrir mão e quais são imprescindíveis para cada família. 

No terceiro passo é feita uma Matriz de Seleção, que auxilia na organização e entendimento do quanto cada escola atende aos critérios relacionados nas etapas anteriores. 

Por fim, no quarto passo, a família recebe um checklist com sugestões de tudo o que pode observar e investigar durante a visita: regulamentação, corpo docente, infraestrutura, pedagógico, segurança etc. 

Além dessa ferramenta, também estão disponíveis no canal instrumentos como um comparador de escolas, busca por afinidade, calculadora de gastos, recomendações e opiniões de outras famílias, guia de escolas bilíngues, vídeos de visitas guiadas às instituições e um buscador de professores para aulas de reforço.  

Segundo as sócias, até o momento, mais de 600 mil famílias já utilizaram as ferramentas do canal ao longo da jornada de escolha de escolas. 

Para saber mais sobre a plataforma e utilizar as ferramentas de busca de escolas gratuitamente, basta acessar o site.

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui