12 brincadeiras para divertir bebês e crianças nas férias

Tem atividade com cabanas, rodas, desenhos e muito mais. Confira a lista que elaboramos para distrair os pequenos dos 9 meses aos 9 anos de idade!

12 brincadeiras para divertir e ensinar crianças de todas as idades!; menino sorridente anda dentro de caixa de papelão
Caixas de papelão são um ótimo recurso para divertir os pequenos

Leia em 6 minutos

Com a chegada das férias e as inúmeras horas disponíveis de diversão, haja criatividade (e energia!) para entreter a criançada, não é mesmo? Pensando nisso, separamos algumas sugestões de brincadeiras para crianças por faixa etária. Tem dicas para bebês e crianças – das pequenas às maiores– a maioria delas indicadas pela Carinos, uma startup que promove atividades para a primeira infância. Confira as dicas!

Para bebês (9 meses até 1 ano e 6 meses)

A cabaninha

Use alguns móveis da sua casa, como cadeiras, a cama ou o próprio sofá, e monte um espaço que você possa cobrir com tecido por cima e que caiba você e seu bebê embaixo. Entre na cabaninha com o bebê, leve alguns brinquedos e até lanterna se você tiver (no celular tem). Agora é só usar a imaginação e inventar brincadeiras nesse espaço diferente com seu bebê.

Vamos brincar de roda

Cantando e fazendo gestos de cantigas de roda, vamos envolver o bebê na atividade junto à família. Vamos convidar o bebê para participar dando as mãos. Vamos fazer os movimentos, gestos e expressões ao cantar e dançar em roda com a família, junto ao bebê. Se o bebê for menor, ele pode ficar no colo.  

Vamos desenhar

Coloque carvão, giz de cera grosso ou canetinhas na caixa de papelão e convide a criança a explorar e a deixar suas marcas. Enquanto o bebê explora do jeito dele, fale sobre as marcas que ele fez e estimule a curiosidade para que ele deixe marcas também nos outros lados, inclusive dentro. Auxilie-o se necessário.  

Para crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses até 3 anos e 11 meses)

Brincadeiras com a imaginação

Procure fotografias, imagens em revistas e livros de diferentes paisagens, como: praia, floresta, deserto, cidades, entre outras. Caso não tenha imagem em casa, use desenhos feitos por você. Deixe expostas as imagens em um local de fácil acesso à criança como em uma parede ou no chão e converse com a criança sobre elas. Depois que a criança observou as imagens, incentive-a a criar histórias sobre o que vê, por exemplo: “Olhe, a gente poderia brincar do que nesse lugar?”, “Que floresta linda, será que mora algum animal ali?”

Criando sons

Vamos cantar cantigas de roda e convidar a criança a acompanhar as músicas com objetos que façam barulho como garrafinhas com grãos, colheres, latas ou tampas de panela. Dessa forma, a criança é incentivada a trabalhar o ritmo e aprender e memorizar as letras das cantigas.

Ganhar e perder

Para brincar de “O Coelho Sai da Toca”, precisamos organizar os participantes e as tocas. Por exemplo: com quatro pessoas, vamos precisar de três círculos ou quadrados que podem ser desenhados no chão, para serem as “tocas do coelho”. Ao comando: “coelho sai da toca”, os participantes terão que trocar de “toca”. Porém, alguém ficará de fora. Enquanto brincamos, aspectos como coordenação motora, concentração e agilidade são exigidos e é também uma forma de fazer a criança compreender que em algum momento ela ficará sem uma toca, mas que na rodada seguinte ela terá a oportunidade de entrar em alguma.

LEIA TAMBÉM: 4 sugestões de brincadeiras realizadas com materiais escolares

Para crianças pequenas (4 anos até 5 anos e 11 meses)

Expressando emoções

Vamos anotar em pedaços de papel expressões faciais, como: feliz, triste, animado, chateado, mostrando a língua, entre outras. Vamos ler cada papel com a criança e convidá-la a desenhar a expressão no papel. Sorteamos os papéis e cada um faz uma expressão para o outro adivinhar. Vamos perguntar para ela o que cada expressão representa. De forma divertida, essa brincadeira pode ajudar a criança a entender melhor os seus sentimentos e emoções.

Minha família

Separe fotos diversas da família, impressas ou virtuais. Ache um lugar confortável e mostre-as para a criança. Em seguida, convide-a a falar sobre as pessoas da foto e aproveite para contar histórias da família. Pergunte como a criança se sente ao olhar as fotos e ouvir as histórias. Essa atividade favorece a conexão entre pais e filhos ao fazer com que a criança saiba mais sobre sua família.

Minha opinião

Organize um ambiente aconchegante. Separe fotos da criança em passeios, em aniversários ou em brincadeiras na escola. Convide-a para ver suas fotos e ao fim pergunte se ela gostou, incentivando-a a dizer o que pensa. Faça perguntas como “o que você gostou na foto?” ou “O que você não gostou?”

Brincadeiras para crianças maiores (6 anos até 9 anos)

Jogo do contrário

O jogo precisa de três ou mais jogadores, sendo que um dos integrantes será escolhido para conduzir os colegas. O que o condutor disser terá de ser executado ao contrário pelo resto da turma. Por exemplo, se a pessoa disser para levantarem o braço direito, todos deverão levantar o braço esquerdo.  

Enchendo a garrafa 

Disponha garrafas de plástico vazias na frente de cada uma das crianças. Ao lado, coloque uma bacia com água suficiente para encher as garrafas. O desafio é a criança conseguir encher a garrafa usando somente um copinho de café de plástico para tirar a água da bacia e colocar na garrafa. Vence quem conseguir encher a garrafa primeiro!

Queimada com balão 

Nada melhor do que uma desculpa para se molhar nesse calor do verão, não é mesmo? O jogo consiste em encher alguns balões com água e distribuir entre as crianças para que joguem queimada. A única diferença é que quem perder, se molha! Para tanto, organize a atividade em um espaço ao ar livre ou que não haja problema em molhar o chão e sugira às crianças que usem roupa de praia ou peças antigas.

LEIA TAMBÉM: Marcas oferecem guias com brincadeiras para as crianças se divertirem em casa

Informação e inspiração no seu e-mail

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui