20 podcasts inclusivos e gratuitos para crianças

Produzidos pelo Unicef, os programas em áudio integram o projeto "Deixa Que Eu Conto" e buscam apoiar a educação inclusiva nas escolas em tempos de pandemia

301
Podcasts diários do Unicef trazem histórias e músicas disponibilidades na internet. Os programas usam uma ilustração de fundo azul claro que mostra rostos de cinco crianças diversas com olhos abertos bem atentos, imagem esta que se vê aqui.
O programa "Deixa que Eu Conto", do Unicef, traz histórias, musicas e brincadeiras para crianças e famílias de todo o país, via rádio e internet

Uma série de 20 podcasts inclusivos foram lançados esta semana, com histórias, brincadeiras e entrevistas para crianças e famílias. Produzido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), os conteúdos são narrados por pessoas com deficiência e estão disponíveis em áudio – incluindo versões para o Youtube com legendas e Libras. Segundo a entidade, o objetivo é estimular a reflexão sobre a inclusão, em especial das crianças com deficiência. O Unicef informa que as vozes, as histórias e as atividades propostas nos programas levam em consideração a diversidade e as possibilidades de uma cidade e uma escola mais inclusivas. O objetivo, diz o fundo, é não deixar ninguém de fora e reforçar a importância da inclusão de forma divertida e natural para o público infantil.

Programas para pais e filhos

O material faz parte do projeto “Deixa que Eu Conto”, um conjunto de 206 programas no formato de podcasts para famílias e crianças em idade de frequentar a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental. Os programas são apresentados por artistas populares, cantores e contadores de histórias e trazem músicas, brincadeiras, atividades e histórias inspiradas na cultura popular, em especial do Semiárido e da Amazônia Legal Brasileira. Assim, destacam sua fauna, flora, crenças e seus povos tradicionais, além dos programas Afro-Brasileiros. Agora, a iniciativa conta com os episódios do “Deixa Que Eu Conto – para cada criança”, voltados para a inclusão de crianças com deficiência.Os episódios do podcast do Unicef possuem em torno de 25 minutos de duração em sua maioria, e podem ser ouvidos tanto por pais, quanto pelas crianças, já que apresentam linguagem de fácil compreensão pelos pequenos e formato de contação de histórias.

Educação com acessibilidade

Todos os programas do podcast do Unicef estão alinhados à Base Nacional Comum Curricular da Educação Infantil para a garantia dos direitos de aprendizagem, e buscam apoiar a qualidade da educação ofertada durante a pandemia, podendo ser utilizados em sala de aula na retomada das aulas presenciais. Além disso, os episódios também podem ser veiculados gratuitamente por todas as rádios do país.

“É fundamental que a Educação Infantil e os Anos Iniciais do Ensino Fundamental garantam o atendimento das especificidades das crianças com deficiência. A organização das experiências e dos espaços podem contribuir de forma significativa para as brincadeiras, o convívio com as diferenças, as interações, a autonomia e a participação, garantindo os direitos de aprendizagem de cada menina e cada menino” explica Júlia Ribeiro, oficial de Educação do Unicef no Brasil. “Por isso, o Deixa Que Eu Conto voltado à inclusão chega para apoiar e promover estas vivências dentro da sala de aula, com os profissionais da Educação e os estudantes, e em casa, com as famílias,” afirma.

Visando ampliar a acessibilidade, além do áudio, os conteúdos também podem ser acessados com tradução em libras e descrição. O material, composto por histórias, entrevistas, curiosidades, músicas e brincadeiras, está reunido no site, no canal do Youtube Deixa Que Eu Conto ou no Spotify.


LEIA TAMBÉM:


Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui