Oscar 2020 – 7 filmes para assistir com as crianças

0
202

Que tal escolher alguns dos candidatos ao Oscar 2020 para um programinha em família? Dois deles ainda vão estrear no cinema, mas outros já estão em cartaz ou disponíveis em serviços de streaming pagos. Animações com cenas de aventura, drama, emoção e, claro, comédia, são diversão garantida para todas as idades.

A mais esperada festa do cinema mundial acontece no dia 9 de fevereiro, no Teatro Dolby, em Hollywood, Los Angeles (EUA). Enquanto a cerimônia não chega, indicamos sete animações que concorrem em diversas categorias. Além do trailer, você pode saber onde assisti-los. Escolha seus preferidos, prepare a pipoca e aproveite para se divertir com as crianças!

Animações que podem ganhar a estatueta:

Como treinar o seu dragão 3
O último filme da trilogia traz uma trama que põe em cheque a linda história de amizade entre o viking Soluço e seu amigo, o dragão Banguela. Desta vez, o vilão Grimmel está interessado em capturar o animal – um legítimo Fúria da Noite. Uma aventura emocionante, reforçada por cenários coloridos, de ação e com muitos dragões, que agradam em cheio públicos de todas as idades.
Direção: Dean DeBlois.
Candidato ao Oscar na categoria: Animação longa-metragem.
Onde assistir: Apple, Now, Google Play, Youtube

Toy Story 4
Animação em 3D da Disney Pixar, o filme mostra a relação de uma garota, Bonnie, com seus brinquedos. Eles partem para uma viagem a um parque de diversão. Lá, o caubói Woody, chefe da turma dos brinquedos, tem de reencontrar Garfinho, um talher reciclado recém ingresso no grupo. Woody só não esperava achar também um amigo há muito perdido, Bo Peep. Temas como amor, amizade e a importância de nos aceitarmos como somos são tratados nesse longa.
Direção: Josh Cooley.
Candidato ao Oscar na categoria: Animação longa-metragem e Canção original (com “I Can’t Let You Throw Yourself Away”).
Onde assistir: NOW, Apple, Google Play, Youtube

Link Perdido
Um investigador britânico, que ganhou fama de contador de histórias, viaja ao oeste americano para provar a existência de um ancestral primitivo do homem. Link Perdido – uma criatura de 2,5 metros de altura e 300 quilos – pede ajuda ao nobre caçador para reencontrar seus primos perdidos – os abomináveis homens na neve. Mesmo com tom cômico, a animação trata conceitos como família e o senso de pertencimento, trazendo ensinamentos sobre diferenças, amizade e persistência. 
Direção: Chris Butler.
Candidato ao Oscar na categoria: Animação longa-metragem.
Onde assistir: Apple (pré-venda; deve estar disponível em 5/02). O filme estaráA partir de 5 de fevereiro no NOW.

Klaus
Esse longa de animação da Netflix reconta a história de origem do Papai Noel. Na trama, Jesper (que tem voz de Rodrigo Santoro na versão em português) é um aprendiz de carteiro, preguiçoso, obrigado a ir morar no Circo Polar Ártico. Lá, acaba se tornando amigo de um misterioso carpinteiro que faz brinquedos artesanais. O filme explica de forma criativa algumas das lendas do Papai Noel. Entre elas, a tradição das crianças em enviar cartas ao velhinho para ganhar um presente e o fato de ele usar roupas vermelhas. Também toca em temas como gentileza, companheirismo e diferenças. Daqueles filmes que deve se tornar um clássico natalino.
Direção: Sergio Pablos (roteirista e criador de ‘Meu Malvado Favorito’)
Candidato ao Oscar na categoria: Animação longa-metragem
Onde assistir: Netflix

O Rei Leão
O jovem leão Simba é destinado a assumir o reinado ante comandado por seu pai. Mas seu tio Scar tem outros planos. A batalha pela Pedra do Reino tem cenas de traição, eventos trágicos e drama que prendem a atenção da criançada. Simba acaba indo embora de casa até que, com a ajuda de dois novos amigos, voltará para recuperar o reino perdido. Para quem quer matar a saudade desse clássico infantil, cuja primeira versão é de 1994, vale pelas músicas originais compostas por Elton John; pela representação dos animais, que chegam a parecer reais; e pelos cenários e paisagens impressionantes da savana africana.
Direção de Jon Favreau (autor de ‘Mogli, o Menino Lobo’).
Concorre ao Oscar na categoria: Efeitos Visuais.
Onde assistir: Apple, Google Play, NOW, Youtube

Frozen 2
Nesta animação da Walt Disney recém-lançada no Brasil, a rainha Elsa e sua irmã, a princesa Anna voltam à infância para descobrir a origem de seus poderes congelantes. Além das músicas e dos belos cenários na floresta encantada, o filme chama a atenção pelas referência a mitos, lendas e elementos da natureza. De quebra, fala sobre respeito à natureza e de como é importante protegê-la para preservar a existência humana. Como na primeira versão do filme, o comediante Fábio Porchat fez novamente a dublagem do boneco de neve Olaf – personagem divertidíssimo que faz sucesso entre as crianças.
Direção: Chris Buck e Jennifer Lee.
Candidato ao Oscar na categoria: Canção Original.
Onde assistir: Pré-venda na Apple e em cartaz nos cinemas.

Hair Love
Nesse curta animado, com duração de seis minutos, Stephen é um pai afro-americano que tem de pentear o cabelo da filha Zuri, pela primeira vez. A situação ocorre porque a mãe está doente no hospital. Engraçado e triste ao mesmo tempo, o curta nos faz refletir sobre as famílias negras, o cabelo crespo e o papel do pai na criação dos filhos, em especial, das meninas.
Direção: Matthew Cherry (ex-jogador de futebol americano).
Candidato na categoria: Animação curta-metragem de animação.
Onde assistir: Na player acima ou no Youtube.

Curta ‘Hair Love’ valoriza os cabelos crespos e relação pai-filha

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui