7 habilidades para criar filhos resilientes 

No livro “Prósperos”, a psicóloga educacional Michele Borba explica como trabalhar nas crianças características para que enfrentem adversidades e tenham sucesso na vida

41
Menino levanta braços para cima celebrando alguma vitória com taça na mão
Autora aponta características comuns a crianças “vencedoras”
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

“O autocontrole é como um músculo que se fortalece quando exercitado regularmente.” A afirmação é da psicóloga educacional norte-americana Michele Borba, autora de Prósperos: os motivos surpreendentes pelos quais algumas crianças lutam e outras brilham, que acaba de ser lançado no Brasil pela nVersos Editora. Na obra, ela destaca sete traços de caráter encontrados em crianças resilientes, que devem ser trabalhados desde a pré-escola até o ensino médio, para ajudá-las a lidar com uma mentalidade de cobranças excessivas e sucesso a qualquer custo. 

Renomada professora e consultora de parentalidade, que já lançou 24 livros nessa área, Michele afirma que a sociedade cultiva características erradas aos pequenos, e isso tem resultado em jovens que, apesar de altamente produtivos, sentem-se constantemente insuficientes. Ela propõe no livro um novo olhar sobre o desenvolvimento infantil, focado na felicidade e no bem-estar como pilares essenciais para a prosperidade.

LEIA TAMBÉM:

Segundo Michele, os alunos de alto desempenho com quem ela fala todos os dias são mais realizados, mais bem-educados e mais privilegiados. Mas eles estão mais estressados, infelizes e lutando contra a ansiedade, a depressão e o esgotamento em idades cada vez menores. 

A autora entrevistou mais de 100 jovens e descobriu que a diferença entre aqueles que lutam e aqueles que têm sucesso não se resume a notas ou pontuações em testes, mas a sete características que diferenciam os “vencedores” e os preparam para a felicidade e maiores realizações mais tarde na vida. 

Conheça abaixo um pouco mais de cada uma das sete características relacionadas à resiliência que a autora considera essenciais para criar crianças felizes e saudáveis. 

  1. Autoconfiança: incentiva as crianças a reconhecerem suas forças e aceitarem as fraquezas, ajudando-as a encontrar o melhor caminho para o sucesso na vida. 
  1. Empatia: ensina a reconhecer e entender os sentimentos e necessidades dos outros, desenvolve também relacionamentos saudáveis. 
  1. Autocontrole: ajuda a pensar com clareza, controlar emoções intensas e reduzir o estresse, capacitando-as a enfrentar qualquer desafio. 
  1. Integridade: fomenta a adoção de valores éticos, desenvolve um código moral sólido para guiar as relações. 
  1. Curiosidade: estimula a abertura a novas possibilidades, aquisição de conhecimentos, descobertas e criatividade, inspira a seguir sonhos. 
  1. Perseverança: encoraja a persistência diante das dificuldades, ensina que é possível aprender com os erros. 
  1. Otimismo: proporciona ferramentas para enfrentar desafios com uma perspectiva positiva, afasta a depressão e oferece sentido para a vida. 

Além de testes práticos, o livro traz histórias inspiradoras de crianças e adolescentes que, com o apoio dos pais, superaram desafios significativos, como racismo, déficit de atenção, abuso e problemas físicos. Cada uma dessas particularidades é detalhada em capítulos repletos de estratégias práticas, baseadas em evidências científicas, que podem ser facilmente ensinadas às crianças em todas as etapas do desenvolvimento. 

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News, sempre no último sábado do mês, no seu e-mail.

Verônica Fraidenraich
Editora da Canguru News, cobre educação há mais de dez anos e tem interesse especial pelas áreas de educação infantil e desenvolvimento na primeira infância. É mãe do Martim, 9 anos, sua paixão e fonte diária de inspiração e aprendizados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui