4 dicas para montar o espaço de estudos ideal

Veja como planejar esse ambiente para torná-lo acolhedor e estimulante ao aprendizado das crianças

327
Espaço de estudos infantil com mesa eestante de madeira, bandeirolas e quadrinhos decorativos
Quadros e objetos decorativos tornam o ambiente mais atrativo e acolhedor | Projeto de arquitetura da Hana Lerner | Foto: Andre Nazareth
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais
Buscador de educadores parentais

Contar com um espaço de leitura e estudos que seja tranquilo e agradável para as crianças pode ajudar muito na concentração durante o aprendizado. Um ambiente organizado e que disponha o material de forma acessível também favorece a criatividade e a motivação. Separamos abaixo algumas dicas para tornar o lugar dos estudos estimulante para a realização das atividades da rotina escolar.

Defina o local mais adequado

A iluminação do local é um dos aspectos a observar no cantinho de estudos das crianças – Projeto de arquitetura da Priscilla Zarzur | Foto: Divulgação

Escolher o espaço que será reservado para os estudos é extremamente importante: certifique-se de que há luz suficiente e que o ambiente ofereça privacidade. Opte sempre por um lugar que não seja muito barulhento, por exemplo, no próprio quarto da criança.

Crie um cantinho aconchegante

Como será um local em que a criança permanecerá por um bom tempo, use itens de decoração para tornar o lugar atraente e motivador. Ela pode indicar um quadro decorativo, um poster ou uma pintura de seu personagem favorito, por exemplo. Isso irá motivá-la a querer estar ali presente, consequentemente, gerando mais foco e disponibilidade para o aprendizado. Quem não gosta de ficar em um espaço charmoso e bonito?

Invista em estantes, nichos ou prateleiras

Nichos e prateleiras ajudam a organizar o espaço – Projeto de arquitetura da Hana Lerner | Foto: Andre Nazareth/Divulgação

Caso o tamanho do quarto permita, é válido instalar uma estante no espaço de estudos para poder guardar livros, cadernos e apostilas. Nichos e prateleiras também são uma boa forma de aproveitar as paredes para abrigar objetos decorativos e algum brinquedo que faça parte do dia a dia da criança.

Incentive a organização

A criança deve ser estimulada desde cedo a colaborar nas tarefas da casa, cuidando, por exemplo, de seus brinquedos, roupas e pertences. O espaço de estudos também entra na lista: após o uso, oriente para que guarde os materiais e mantenha o espaço organizado, facilitando assim que não perca tempo e os encontre facilmente sempre que precisar. Isso contribui ainda para uma postura autônoma de estudo, que favorece o interesse pela busca do conhecimento.

LEIA TAMBÉM:

Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui