Escolas devem reabrir para aulas presenciais não obrigatórias em São Paulo

Com término da fase emergencial no domingo (11), estado permite o retorno de atividades escolares presenciais e outros serviços considerados essenciais

Crianças e professora na escola com máscaras

Leia em 2 minutos

O vice-governador e secretário de Governo do estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, anunciou nesta sexta-feira (9) que o estado passará da fase emergencial para a fase vermelha do Plano São Paulo a partir de segunda-feira. A decisão, de acordo com Garcia, está baseada na queda de 17,7% no número de internações por covid-19 nesta semana, em comparação com a semana anterior.

No começo da próxima semana, as escolas voltam a funcionar presencialmente, mas sem a obrigatoriedade de frequência e com no máximo 35% dos alunos por sala de aula. “O início, a partir de segunda-feira, na fase vermelha, de atividades escolares demonstra o esforço do Governo de São Paulo de priorizar e declarar de maneira objetiva a essencialidade da Educação”, destaca Rodrigo Garcia. Apesar da decisão estadual, as prefeituras podem decidir regras específicas para o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas e particulares de seus municípios.


Leia também: Com a suspensão de aulas presenciais, 70% das crianças podem ficar sem entender textos simples, diz Banco Mundial


De acordo com o secretário de Educação, Rossieli Soares, essa medida tem como prioridade o atendimento de alunos com severa defasagem no aprendizado, com problemas de acesso à tecnologia, necessidade de alimentação escolar e alunos com saúde mental em risco. “As perdas de aprendizagem são gigantescas. Toda a sociedade precisa olhar para isso e ter a consciência de que recuperar esse período sem aulas presenciais será um grande desafio”, afirma Rossieli Soares.

Nesta semana, a taxa de ocupação das UTIs ficou em 88,3% no estado e em 87,2% na Grande São Paulo. Hoje, o estado tem 12.681 pacientes internados. A fase vermelha deve se estender até 18 de abril, quando o Centro de Contingência da Covid-19 irá se reunir novamente para avaliar o avanço da pandemia.

(Com informações do Metro World News)


Leia também: Como fica a cabeça dos pequenos nesse vai-não-vai das aulas presenciais?


Gostou do nosso conteúdo? Receba a Canguru News no seu e-mail. É grátis!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui