Milena Toscano apresenta série que oferece chá de bebê a grávidas

0
228
atriz milena toscano

Seis mulheres gestantes e suas histórias de vida, pegas de surpresa ao descobrir que ganharam um chá de fraldas, são o foco do novo programa do canal de TV por assinatura Discovery Health & Home.

Chá dos Sonhos – Lá vem o bebê‘ estreia nesta segunda (27), às 23h40, com apresentação da atriz Milena Toscano e ajuda da organizadora de festas infantis Andrea Guimarães.

Festas temáticas

Em cada um dos seis episódios da temporada, sempre com trinta minutos de duração, uma grávida recebe a visita da equipe do programa, que busca entender seus gostos e preferências para decidir o tema da festa. Milena se aprofunda nos relatos e jornada de cada mulher, enquanto Andrea inicia o planejamento do chá, junto com alguém próximo da futura mamãe – a mãe ou o parceiro, por exemplo.

Entre as participantes, estão uma mãe solo que espera gêmeas e uma jovem que engravidou enquanto vivenciava o luto do filho, falecido meses antes.

O programa de estreia tem como personagem Cláudia Fernandes Lopes, 53 anos. Em Londres, onde morou por dez anos, ela conheceu o inglês Stuart. Apaixonados, eles decidiram ter um filho, apesar das dificuldades que Cláudia acreditava ter. A gravação mostra o casal na reta final da gestação, o último exame de ultrassom antes do parto, e o chá de bebê para amigos e familiares, com decoração inspirada em ursinhos e ícones da capital britânica. O episódio se encerra com uma foto do bebê Anthony, recém-nascido, junto aos pais.

A série também estará disponível no site do Discovery h&h, junto com vídeos de curta duração, com dicas de ‘faça você mesmo’, dadas por Andrea, e relatos sobre a maternidade de Milena.


‘Com a maternidade, aprendi que não devo julgar ninguém’

Durante o lançamento da série, no último dia 22, em São Paulo, a atriz Milena Toscano – que atuou em novelas como ‘Aventuras de Poliana’, do SBT, e ‘O Rico e Lázaro’, da Record TV e tem uma página de gastronomia no Youtube – conversou com a Canguru News. Ela falou sobre a maternidade, seu dia a dia com o filho João Pedro, de um ano, e a opção por não ter babá em casa, entre outros assuntos. Veja os principais trechos da entrevista a seguir.

“Antes de ser mãe, eu pensava que nunca deixaria Meu filho remelento, com nariz escorrendo, babado ou sujo de comida. Mas você aprende que na maternidade não pode julgar ninguém. Já aconteceu de eu sair com João Pedro, ele se sujar e ter de ficar assim mesmo, pois não tinha roupa para trocá-lo.”

 

A saída da novela

“Quando engravidei, no meio da novela (‘Aventuras de Poliana’), achei que poderia continuar gravando. Faria como muita mãe nesse país faz: levaria ele para o trabalho, o deixaria no camarim, amamentaria no tempo livre. Mas fui afastada e não teria motivo melhor para eu parar de trabalhar na minha vida, que foi ter o meu filho.”

A escolha por não ter babá

“Joao Pedro nasceu quando eu tinha 34 anos. Já não era uma adolescente, era uma mãe mais experiente, uma mulher com conceitos mais definidos, e quis por opção tomar conta do meu filho e assumir essa responsabilidade de cuidar dele sozinha.”

Rede de apoio

“Não é porque eu não tenha uma babá, que eu não conte com uma rede de apoio. Eu tenho uma sogra e uma mãe que super me ajudam e tenho uma funcionária que também me ajuda quando preciso. Além disso, tenho uma pessoa que fica em casa nos fins de semana. Eu optei por colocar João Pedro na escola, desde os nove meses, para poder fazer supermercado, academia, ter um tempo para mim. Achava isso necessário.”

“Eu gosto de cuidar da minha casa. Eu cozinho para o meu marido todos os dias, todo mundo sabe que eu amo cozinhar. Eu sou essa pessoa. Gosto de ser dona de casa.”

Participação do marido

“Todo mundo fala que o pai não tem que ajudar mas, sim, que é responsabilidade dele cuidar do filho. Eu concordo, mas acho que a gente toma a maternidade tão pra gente, que qualquer coisa vira nossa responsabilidade. Meu marido (o empresário Pedro Ozores) é uma pessoa que eu não tenho o que falar dele, ele é mil por cento, passa a noite com o João Pedro, se preciso, troca fralda e dá banho. Até os quatro meses, era ele quem dava banho todos os dias no nosso filho.”

Uso de telas

“No mundo que a gente vive hoje, em que todos os brinquedos acendem luzes, piscam, falam e andam, não tem como evitar que a criança assista televisão. Não tem como esconder isso da criança e fazer do seu filho um ‘ET’, de não saber quem é aquele personagem que todo mundo conhece. Agora, não deixo o João Pedro ficar no celular vendo desenho o tempo inteiro. Só vou dar um tablet para ele, quando ele entender o que é um.”

Últimos posts

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui