Camisetas ‘tie-dye’: o passo a passo para fazer em casa com as crianças

Pintar é uma forma de estimular a criatividade dos pequenos. Então, que tal convidá-los para produzir uma camiseta "tie-dye" super colorida?

Camisetas
O tie dye pode ser aplicado em qualquer peça do vestuário, como camisetas, vestidos e regatas

Leia em 6 minutos

Apesar de estar em alta atualmente e presente em diversas peças do vestuário, o “tie-dye” não é algo novo. “A técnica surgiu aproximadamente entre os séculos 6 e 7 com a finalidade de tingir tecidos com cores coloridas”, explica a artista plástica Georgiana Vidal. Nas décadas de 1960 e 1970, essa estampa ganhou destaque devido ao movimento hippie — e até hoje continua a ser aplicada em camisetas, vestidos e sapatos, entre outras peças de vestuário.

O termo “tie-dye” vem do inglês e significa amarrar (tie) e tingir (dye). As peças costumam ser presas por barbantes ou elásticos resistentes para proteger as partes que não devem ser pintadas e, assim, produzir o efeito degradê. Cada forma de amarração produz um padrão diferente, como manchas, espirais ou listras. Mas o melhor de tudo é que o “tie-dye” pode ser feito em casa!

Para as crianças, a atividade é excelente por permitir trabalhar a coordenação motora ao segurar o pincel e estimular a percepção de cores e a criatividade. Segundo o renomado psicólogo suíço e pesquisador da infância, Jean Piaget, qualquer produção artística auxilia os pequenos a expressarem suas ideias e emoções, o que contribui para a construção da identidade. Contudo, no caso da pintura, há outros benefícios. Antes de mostrarmos o passo a passo para fazer o “tie-dye”, veja quais são eles.

LEIA TAMBÉM: O que autoestima tem a ver com criatividade?

Os benefícios que a pintura pode trazer às crianças

De acordo com Elliot Eisner, professor de arte e educação da Universidade Stanford nos Estados Unidos, a pintura contribui para o desenvolvimento cognitivo das crianças de diferentes maneiras. Uma delas é ensinar que as ações têm consequências e não dependem somente da influência do ambiente. Ou seja, quando pintam, elas percebem diretamente o efeito que estão provocando no tecido.

Os pequenos também descobrem que podem criar cenários imaginários e interpretar os papéis que quiserem nas histórias que constroem. “A pintura oferece a oportunidade de participar empaticamente da vida do outro. A oportunidade de aprender a ter empatia, a sentir-se como, bem como sentir pelos outros é um ingrediente importante para se tornar um ser social”, afirma Eisner em sua pesquisa. A empatia requer a habilidade de projetar com imaginação e a arte ajuda a cultivar essa capacidade.

Então, que tal estimular a criatividade e a empatia do seu filho? O “tie-dye” pode ser feito de um jeito bem simples. “Os materiais necessários para fazer “tie-dye” em casa são corantes de diversas cores para tecidos, água quente, borrifador ou bisnagas de tintas, elástico para dinheiro, saco plástico, cabides e fixador de tinta para tecido”, explica Georgiana. No entanto, também é possível utilizar outros materiais: “As tintas para tecidos podem ser substituídas por tintas acrílicas ou até mesmo guache e corantes comestíveis”, sugere a artista plástica.

Passo a passo de uma camiseta “tie-dye”

Para aplicar a técnica, você precisará de:

  • Folhas de jornal;
  • 1 camiseta branca de algodão;
  • Água;
  • Elásticos reforçados ou barbante;
  • Tintas para tecido na cor de sua preferência;
  • Álcool líquido;
  • Pincel grosso;
  • Saco plástico transparente.

Na hora de diluir, para cada pote de tinta para tecido (37ml), utilize quatro partes de água (cerca de 150ml) e 1 colher (sopa) de álcool. Uma dica é usar um recipiente maior para fazer a mistura e mergulhar o pincel aos poucos, aplicando devagar sobre a camiseta.

Ao terminar a pintura, coloque a camiseta ainda enrolada dentro de um saco plástico transparente e deixe secar por 12 horas na sombra. Retire os elásticos ou barbante e abra a peça. Pendure em um cabide e leve para secar totalmente. “Antes de colocar para lavar, devemos mergulhar a camiseta num fixador de tintas e deixar secar ao ar livre novamente”, explica Georgiana. Depois, só lavar como de costume, com sabão e amaciante, e secar. Feito isso, a camiseta está pronta para o uso! As crianças já pode vestir a peça e sair por aí dizendo que foram elas mesmas que fizeram a pintura.

LEIA TAMBÉM: 11 brincadeiras campeãs de sucesso entre as crianças na quarentena

Informação e inspiração no seu e-mail

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui