Mostra no Sesc: para aprender mais sobre artistas indígenas

Com entrada gratuita, “Encontros Ameríndios” estará disponível até fevereiro de 2022, com possibilidade de visitas presenciais

280
Conheça artistas indígenas da América na exposição ‘Encontros Ameríndios”, do Sesc; peruana Olinda Silvano pintando sua obra
Peruana Olinda Silvano pintando sua obra/ Divulgação

Artistas de povos indígenas de diversos países estão reunidos em mostra em cartaz no Sesc Vila Mariana – uma oportunidade para que as crianças aprendam mais sobre a cultura desses povos. “Encontros Ameríndios” traz produções de artistas indígenas do Brasil, Panamá, Canadá e Peru, e propõe uma aproximação das manifestações culturais desses povos, a partir das pinturas com pigmentos naturais e os trabalhos com arte digital, garantindo reflexões sobre ancestralidade e temas contemporâneos.

Sob coordenação de Sylvia Caiuby Novaes e curadoria de Aristoteles Barcelos Neto, a exposição estará disponível até dia 13 de fevereiro de 2022 e poderá ser visitada presencialmente no Sesc, de forma gratuita, porém, é preciso realizar o agendamento da visita com antecedência.

Representatividade da arte ameríndia

A mostra conta com 45 obras, entre pinturas, desenhos, arte digital, bordados e entalhes em madeira. São cerca de 30 artistas apresentados, dos quatro países diferentes da América.

“Encontros interculturais e intercomunitários são amplamente valorizados pelos índios tanto da Amazônia quanto da Colúmbia Britânica que, com suas famosas Potlatch, se reúnem para celebrar sua ancestralidade e riqueza cultural e material. Os artistas reunidos nesta exposição são os protagonistas de novas possibilidades dialógicas entre as estéticas, técnicas artísticas e criatividades ameríndias”, afirma Barcelos Neto.

Do Canadá, destacam-se Alano Edzerza, artista multimídia do povo Tahltan e o trabalho de esculturas dos irmãos Gwaai e Jaalen Edenshaw, artistas Haida.

Do Panamá, vale mostrar às crianças os trabalhos com sobreposições de tecidos, assim como os padrões geométricos bordados produzidos pelo povo Shipibo-Konibo, do Peru. Por fim, do Brasil, serão exibidas pinturas de artistas Huni Kuin do coletivo MAHKU.

Apesar de apresentarem recursos plásticos e estilísticos diferentes, as produções são inspiradas por conhecimentos ancestrais, apresentando temas sobre relações cosmológicas, ecológicas e mitológicas.


Leia também: Museu da Língua Portuguesa reabre com novidades e protocolo rígido


Conheça artistas indígenas da América na exposição ‘Encontros Ameríndios”, do Sesc; Obra em madeira entalhada feita pelo povo Haida, do Canadá
Obra em madeira entalhada feita pelo povo Haida, do Canadá/ Foto: Mike Peckett/ Divulgação

Serviço

Exposição “Encontros Ameríndios”

Data: de 31 de julho de 2020 a 13 de fevereiro de 2021, de terça-feira a domingo

Local: Sesc Vila Mariana

Link para agendamento: https://www.sescsp.org.br/programacao/223500_EXPOSICOES 


Leia também: Veja os bonecos amarelos e outras obras de “OsGêmeos” em tour virtual


Gostou do nosso conteúdo? Receba o melhor da Canguru News semanalmente no seu e-mail.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Seu nome aqui